6 conselhos para melhorar técnica de corrida

Fique atento a alguns aspectos importantes para você potencializar a sua técnica de corrida

	A primeira coisa a se fazer é tomar conta da postura: olhar deve buscar o horizonte e a mandíbula deve estar relaxada
 (Getty Images/Vittorio Zunino Celotto)
A primeira coisa a se fazer é tomar conta da postura: olhar deve buscar o horizonte e a mandíbula deve estar relaxada (Getty Images/Vittorio Zunino Celotto)
D
Da RedaçãoPublicado em 19/11/2012 às 09:16.

São Paulo - Se você está costumado a fazer rodagens em um ritmo suave e algumas vezes sair para correr rápido, fique atento a alguns aspectos importantes para você potencializar.

Para melhorar de uma forma geral, é necessário começar a fazer séries ao menos uma vez por semana. Siga o ritmo de um minuto a minuto e meio por quilômetro mais rápido que seu ritmo normal de rodagem. A ‘maneira’ que você corre nessas corridas mais velozes se transfere para sua corrida normal. Assim toda vez que correr, preste atenção nos seguintes pontos.

  • Mantenha a mandíbula relaxada. Muitos deixam os músculos do rosto tenso ao correr, como uma forma de fazer mais esforço para ir mais rápido. Esqueça esta técnica da “mordida”.
     
  • Seu olhar deve buscar o horizonte, não o solo. Este gesto fará que sua coluna permaneça na posição vertical, uma postura de corrida mais eficiente.
     
  • Os ombros devem estar soltos. É muito comum aos atletas manter os ombros elevados, com o músculo trapézio tenso. O ideal é manter o ombro em uma linha horizontal, sem oscilação para cima ou para baixo durante cada passada. Tente mantê-los em uma posição simétrica, pois é relativamente comum está disparidade durante a corrida.
     
  • O movimento dos braços deve ser realizado entre a cintura e a parte baixa do peito, com os cotovelos flexionados a 90º. No deixe que as mãos fiquem, durante o movimento, abaixo do quadril ou acima do peito.
     
  • Mantenha as mãos semifechadas e sem tensão. Nunca feche totalmente os punhos nem mantenha a mão totalmente aberta. A munhecas também precisam permanecer sem tensão. É muito comum fazer movimentos estranhos com as mãos, porém, são gestos incorretos.
     
  • Um bom sinal de que está correndo certo é ter uma passada silenciosa. Isto é: seus pés não fazem barulho ao aterrissar em cada passada. Ao invés de martelar o solo, seus pés devem tocá-lo, começando com a parte externa do calcanhar, rodar sobre seu eixo longitudinal até apoiar toda a planta e depois separar-se do solo usando o antepé e os dedos na hora da impulsão.