• AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
  • AALR3 R$ 19,70 -0.25
  • AAPL34 R$ 73,76 0.27
  • ABCB4 R$ 17,02 3.28
  • ABEV3 R$ 14,74 0.34
  • AERI3 R$ 3,94 -10.05
  • AESB3 R$ 10,82 0.84
  • AGRO3 R$ 31,64 0.09
  • ALPA4 R$ 21,47 -1.01
  • ALSO3 R$ 20,22 1.76
  • ALUP11 R$ 26,38 0.73
  • AMAR3 R$ 2,48 4.20
  • AMBP3 R$ 30,37 2.50
  • AMER3 R$ 23,07 -2.49
  • AMZO34 R$ 72,52 1.38
  • ANIM3 R$ 5,71 2.88
  • ARZZ3 R$ 82,44 -0.40
  • ASAI3 R$ 15,89 3.38
  • AZUL4 R$ 22,11 4.00
  • B3SA3 R$ 11,92 2.32
  • BBAS3 R$ 36,41 2.80
Abra sua conta no BTG

22 recomendações de livros para a sua carreira em 2022

Saúde mental, diversidade, cultura e liderança: confira a seleção de leituras para acompanhar sua vida profissional em 2022
 (Getty Images/Viorika)
(Getty Images/Viorika)
Por Luísa GranatoPublicado em 27/12/2021 08:00 | Última atualização em 27/12/2021 17:58Tempo de Leitura: 10 min de leitura

Já está fazendo sua lista de leituras para 2022? Para ajudar na tarefa, a EXAME juntou recomendações de executivos, empreendedores, recrutadores e especialistas em carreira e diversidade para indicar livros relevantes para o próximo ano.

Com muitas transformações previstas para o próximo ano, os especialistas mandaram sugestões relacionados ao temas de cultura organizacional, bem-estar e saúde mental.

Alguns títulos são de teóricos e pesquisadores que falam diretamente sobre os temas, outras indicações são de obras de ficção ou tópicos relacionados que ajudam a expandir o mundo do leitor.

“Em vez de indicar livros que falem diretamente de empresas, menos instigantes e densos, decidi falar de obras que contam histórias, vivências e processos que nos impactam como seres humanos e certamente nos tornam pessoas melhores, onde quer que estejamos, inclusive dentro das empresas”, explica Liliane Rocha, CEO e fundadora da Gestão Kairós e autora do livro Como ser um Líder Inclusivo. 

Confira a lista com as leituras recomendadas para 2022:

1. Feitas para durar, de James C. Collins e Jerry I. Porras

Indicação de Fátima Zorzato, recrutadora e fundadora da consultoria INWI:

"Antigo, mas continua sendo uma bíblia e uma referência para quem quer começar olhar e entender importância da cultura".

2. What You Do Is Who You Are, de Ben Horowitz

Indicação de Felipe Collins, CEO da Future Dojo:

"What You Do Is Who You Are é o livro mais completo sobre cultura justamente porque foge da limitação ‘cultura corporativa’. Claro, Ben Horowitz explora cases de startups e grandes empresas de sucesso e fracasso, mas também faz paralelos históricos como a Revolução do Haiti, os samurais japoneses ou a gangue mais violenta dos presídios dos Estados Unidos, que colocam a cultura como os comportamentos de uma micro-sociedade e ajudam a tangibilizar cada um dos elementos culturais. Leitura fundamental".

3. A regra é não ter regras: A Netflix e a cultura da reinvenção, de Reed Hastings e Erin Meyer

Indicação de Yuri Trafane, diretor e head de projetos da Ynner:

"É um mergulho na cultura de uma das empresas mais exitosas do mundo contemporâneo, através da visão de seu fundador Reed Hasting. Uma oportunidade para entender como a cultura da Netflix permitiu com que ela acompanhasse as mudanças no mercado (ao contrário da Blockbuster). Uma cultura focada em pessoas e não processos, que enfatiza inovação ao invés de eficiência e que tem poucos controles".

4. The Culture Map, de Erin Meyer

Indicação de Fátima Zorzato, recrutadora e fundadora da consultoria INWI:

"Erin ajudou a Netflix e depois escreveu o livro junto com o CEO da empresa sobre a cultura".

5. Sapiens – Uma breve história da humanidade, de Yuval Noah Harari

Indicação de Marcelo Souza, CEO do Grupo Soulan:

“Apesar de não ser diretamente relacionado à cultura organizacional, o bestseller do Harari traz uma ótima reflexão da história da humanidade e de nossa evolução como espécie, o que pode incentivar ideias para nosso dia-a-dia organizacional.

No final do ano passado o livro ganhou uma edição comemorativa e até uma versão em quadrinhos, o que me incentivou a reler o livro nesse ano e repensar alguns dos paradigmas da gestão de equipes.”

6. Perdi uma parte de mim e renasci, de Paola Antonini

Indicação de Liliane Rocha, CEO e Fundadora da Gestão Kairós: 

"Neste livro, Paola Antonini nos conta a história da sua vida e como superou o amputamento de uma das pernas aos 20 anos de idade após um acidente na porta de casa. Conseguimos conhecer um pouco mais da história da sua família e das bases que tornaram a Paola em um ser humano dedicado a transformar o mundo, inspirando e representando pessoas com deficiência em todo o Brasil.

Após o acidente, Paola fundou o Instituto Paola Antonini para viabilizar que outras pessoas com deficiência possam ter acesso a próteses e tratamentos psicológico e fitoterápicos. O livro me inspira, porque a Paola nos mostra que não importa a dificuldade que tenhamos ao longo de nossas vidas, viver em plenitude é sempre possível".

7. Cultura Organizacional e Liderança, de Edgard Schein

Indicação de Fátima Zorzato, recrutadora e fundadora da consultoria INWI:

"Clássico, mas fundamental para conceituar como trabalhar".

8. Walking the Talk, de Carolyn Taylor

Indicação de Caroline Carpenedo, Diretora Global de Pessoas e Responsabilidade Social da Gerdau:

"Sempre um clássico com metodologia bem detalhada de como fazer a transformação de cultura".

9. Em busca de sentido, de Viktor Frankl

Indicação de Tatiana Pimenta, fundadora e CEO da Vittude:

"Na psicologia ele é conhecido como o fundador da logoterapia, também chamada de terceira escola vienense de psicoterapia (a primeira é a de Freud e a segunda de Adler). O livro traz relatos da experiência que o autor viveu em campos de concentração nazistas durante a 2ª guerra mundial. Alguns trechos são bem marcantes e me impactaram bastante. Uma das reflexões interessantes é sobre sermos fruto de tudo que já vivemos, inclusive o sofrimento. Outra passagem que gostei muito foi quando o autor menciona que o papel do logoterapeuta é mais parecido com o do oftalmologista do que com o de um pintor. O pintor procura transmitir uma imagem ao mundo como ele o vê. Já o oftalmologista capacita seus pacientes a enxergar o mundo como ele é na realidade. Sendo assim, o papel do psicólogo consiste em ampliar e alargar o campo visual dos seus pacientes de modo que todo o espectro de sentido em potencial se torne consciente e visível para eles".

10. Wellbeing at work, de Jim Clifton e Jim Harter

Indicação de Yuri Trafane, diretor e head de projetos da Ynner:

"Os desafios relativos à saúde mental e ao bem estar no ambiente de trabalho já vinham crescendo antes da pandemia, e pioraram rapidamente nos últimos anos. Então, gerenciar esse tema é fundamental para os líderes que queiram garantir uma empresa saudável e produtiva".

11. Morrendo por um salário, de Jeffrey Pfeffer

Indicação de Fatima Macedo, fundadora da Mental Clean empresa especializada em saúde mental:

"Autor que tem estudado burnout e tem artigos muito bons a respeito".

12. Empatia Assertiva, de Kim Scott

Indicação de Valéria Pimenta, diretora Comercial da Thomas International Brasil:

"Um livro essencial para os líderes de equipes e responsável por gestão de pessoas. Mostra, com exemplos práticos, como é possível ter foco nos resultados sem perder a visão de pessoas e a empatia para a construção de uma equipe engajada e que consiga extrair os melhores resultados trabalhado juntos".

13. Saúde mental no trabalho: da teoria à prática, de Debora Mirian Raab Glina e Lys Ester Rocha

Indicação de Fatima Macedo, fundadora da Mental Clean empresa especializada em saúde mental:

"Usado como Bíblia a respeito de saúde mental no trabalho, além de algumas coletâneas que utilizo como referência".

14. Eu, Tituba: Bruxa Negra de Salem, de Maryse Condé

Indicação de Liliane Rocha, CEO e Fundadora da Gestão Kairós:

"Adorei o romance da Maryse Condé, vencedora do New Academy Prize 2018, porque mais uma vez nos dá a oportunidade de repensar a história do julgamento das bruxas de Salem. Afinal, quais narrativas foram escolhidas, quais foram apagadas e o porquê disso? Na obra, a autora Maryse Condé dá voz e corpo a uma das primeiras mulheres julgadas, durante o pânico moral em torno das Bruxas de Salem de Massachusetts e que foi silenciada por três séculos devido à implacável historiografia racista.

Como diria Angela Davis: 'Quando Tituba reclama do seu lugar na história dos julgamentos das bruxas de Salem, o registro histórico daquela época – e também toda a história do processo colonizatório é revelado para ser seriamente interrompido'".

15. O fim da vantagem competitiva, de Rita McGrath:

Indicação de Yuri Trafane, diretor e head de projetos da Ynner:

"Num mundo tão volátil não faz sentido pensar em Vantagem Competitiva Sustentável. Nesse ambiente, o caminho é pensar em termos de Vantagem Competitiva Transitória e na capacidade de explorar oportunidades temporárias com agilidade e determinação. Para isso é fundamental mudar a cultura e o mindset dos executivos de uma organização".

16. The Sleep Revolution, de Arianna Huffington

Indicação de Fatima Macedo, fundadora da Mental Clean empresa especializada em saúde mental:

"Livro muito interessante. Arianna teve um quadro de burnout e depois disso fez uma revolução".

17. The Infinite Game (O Jogo infinito), de Simon Sinek

Indicação de Marcelo Souza, CEO do Grupo Soulan: 

"Após seu livro 'Comece pelo Porquê', em que Simon explicava com riqueza de detalhes a importância do propósito na longevidade das empresas mais admiradas do mercado, nesse livro ele reflete sobre como apenas uma verdadeira visão de longo prazo traz o real engajamento das equipes o proporciona grandes resultados.

A visão de curto prazo de um balanço anual pode ser muito enganosa, e é essa reflexão que permeia todo esse livro".

18. Os 5 Desafios das Equipes, de Patrick Lencioni

Indicação de Valéria Pimenta, diretora Comercial da Thomas International Brasil:

"Através de uma narrativa fictícia, Patrick mostra o dia-a-dia de uma CEO em sua nova empresa e como ela supera os desafios de liderar uma equipe de executivos que vive em atrito. Com esse pano de fundo aparecem ótimos exemplos práticos de técnicas de gestão de pessoas de diferentes perfis e como transformar um grupo de pessoas numa equipe focada em alcançar o objetivo comum. O que tem se mostrado um grande desafio para os líderes de hoje".

19. Reinventando as Organizações, de Frederic Laloux

Indicação de Caroline Carpenedo, Diretora Global de Pessoas e Responsabilidade Social da Gerdau

O livro do autor belga é um bestseller e serve como guia para entender as mudanças dentro das organizações, como a descentralização de poder.

20. Mais forte do que nunca, de Brené Brown

Indicação de Sofia Esteves, fundadora e presidente do conselho do Grupo Cia de Talentos

Brené Brown é professora e pesquisadora na Universidade de Houston. Há décadas ela estuda a vulnerabilidade, coragem e empatia.

21. A quinta disciplina, de Peter Senge

Indicação de Fátima Zorzato, recrutadora e fundadora da consultoria INWI:

No livro, Senge introduz o raciocínio sistêmico, um alicerce para a organização que aprende. Esse conceito define o novo papel da liderança.

22. Accountability no trabalho, de Carolyn Taylor

Indicação de Caroline Carpenedo, Diretora Global de Pessoas e Responsabilidade Social da Gerdau

Em entrevista para a EXAME, a autora, considerada uma das maiores especialistas em cultura organizacional, indicou que "accountability" será um elemento essencial na cultura do trabalho híbrido.

Mais recomendações de leitura para 2022:

    Humanocracia, de Gary Hamel e Michele Zanini

    • Indicação de Adriana Mansueto, gerente de Bem-Estar e Saúde na Gerdau

    Satisfação Garantida, de Tony Hsieh

    • Indicação de Adriana Mansueto, gerente de Bem-Estar e Saúde na Gerdau

    Como desenvolver saúde emocional, de Oliver James

    • Indicação de Adriana Mansueto, gerente de Bem-Estar e Saúde na Gerdau

    Empresas que curam, de Raj Sisodia e Michael Gelb

    • Indicação de Adriana Mansueto, gerente de Bem-Estar e Saúde na Gerdau

    O novo código da cultura, de Sandro Magaldi e José Salibi Neto

    • Indicação de Sofia Esteves, fundadora e presidente do conselho do Grupo Cia de Talentos

    Dá um tempo, de Izabella Camargo

    • Indicação de Sofia Esteves, fundadora e presidente do conselho do Grupo Cia de Talentos

      Dicas de carreira, vagas e muito mais

      Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

      Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

      Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.

      Veja Também

      Comida para frio: 6 restaurantes para aproveitar o clima
      Casual
      Há 3 horas • 5 min de leitura

      Comida para frio: 6 restaurantes para aproveitar o clima

      Especulômetro EXAME-Loft aponta redução de preço de imóveis em São Paulo
      Mercado imobiliário
      Há 3 horas • 3 min de leitura

      Especulômetro EXAME-Loft aponta redução de preço de imóveis em São Paulo

      Senado aprova volta do despacho gratuito de bagagem
      Brasil
      Há 3 horas • 3 min de leitura

      Senado aprova volta do despacho gratuito de bagagem

      PSDB pressiona Doria a desistir do Planalto
      Brasil
      Há 3 horas • 5 min de leitura

      PSDB pressiona Doria a desistir do Planalto