Carreira
Acompanhe:

Sem exigir experiência prévia, carreira que mais cresce no mercado paga salários de até R$25 mil

Em plena ascensão, mercado ESG oferece salários altos e trabalho com mais propósito, mas ainda sofre com a falta de profissionais qualificados. A boa notícia é que não é preciso ter experiência prévia para ingressar no setor; entenda

 (Getty Images/Getty Images)

(Getty Images/Getty Images)

I
Isabel Rocha

14 de julho de 2022, 12h03

Se você está inserido no mercado de trabalho, certamente já ouviu falar em ESG (acrônimo em inglês para Environmental, Social and Governance). Afinal, com o avanço acelerado das mudanças climáticas – e consequente aumento da pressão para mitigar impactos ambientais e gerenciar riscos no mundo corporativo – a sigla está cada vez mais presente na agenda de executivos e empresas dos mais variados portes e setores.

Para se ter uma ideia, apenas na América Latina, o número de companhias que implementou estratégias relacionadas às pautas ESG em suas operações em 2022 já chegou a 69%, ante 46% no ano passado. O resultado? Um verdadeiro “boom” na oferta de empregos na área em todo o mundo.

Newsletter EXAME ESG: assine gratuitamente e descubra como a sustentabilidade empresarial impacta diretamente a sua carreira e investimentos

De acordo com um relatório recente da consultoria britânica GlobalData, as vagas em ESG aumentaram 98% no último ano, passando de 531 postos em maio de 2021 para 1.049 em maio deste ano. Ainda assim, por se tratar de uma área relativamente nova, os empregadores ainda sofrem com a falta de profissionais capacitados para ocupar essas posições – o que ajuda a impulsionar os salários ofertados.

(EXAME/Reprodução)

O ESG em números

A essa altura, você provavelmente já começou a entender a importância do ESG no mundo corporativo. Mas, para que não reste nenhuma dúvida, separamos abaixo alguns dados que ajudam a entender o tamanho (e o ainda crescente potencial) desse mercado.

  • Atualmente, o mercado ESG está avaliado em cerca de 35 trilhões de dólares – e a BloombergIntelligence estima que esse número deve chegar aos US$ 53 trilhões em 2025;
  • Na América Latina, 40% das empresas pretende aumentar seus recursos para projetos de sustentabilidade ainda em 2022, de acordo com um relatório divulgado pela SAP
  • Em uma pesquisa realizada pela BlackRock no início de 2020, mais da metade (54%) dos entrevistados afirmou que considerava o investimento sustentável fundamental para o bom desempenho de suas carteiras. Desde então, a alocação de recursos em fundos ESG ao redor do mundo cresce em velocidade cada vez maior
  • Um estudo realizado pelo Institute of Business Value (IBV) com mais de 14 mil pessoas em nove países (incluindo o Brasil) mostrou que 54% dos consumidores estaria disposta a pagar um valor mais alto por produtos de marcas comprometidas com a redução dos impactos ambientais em suas cadeias produtivas

Ao olhar para esses números, é possível entender por que a busca por profissionais ESG não para de crescer: cada vez mais, a contratação de profissionais qualificados na área é fundamental para o futuro dos negócios.

Fique por dentro das últimas tendências de ESG e potencialize as suas chances de alcançar cargos e salários mais altos. Clique aqui e saiba como!

Carreira em ESG: por onde começar?

Diversos estudos mostram que (ao menos por enquanto) possuir experiência prévia em ESG não costuma estar entre as exigências para trabalhar no setor – embora algum nível de especialização na área (de cursos livres à MBAs) costume aparecer entre os pré-requisitos.

Isso significa que, desde que estejam dispostos a se aprofundar no assunto, profissionais de diferentes áreas de formação podem encontrar no ESG uma oportunidade de mudar de carreira, alcançar cargos e salários promissores e, de quebra, trabalhar com mais propósito.

De olho na enorme oportunidade que isso representa para os brasileiros que desejam dar um upgrade em suas carreiras, a EXAME promove, frequentemente, cursos relacionados a área. Para ser avisado sobre os próximos lançamentos, você pode assinar gratuitamente a newsletter EXAME ESG clicando aqui.