Carreira
Acompanhe:

Quem está isento de entrevista para visto americano? Estas autorizações foram liberadas em 2023

País eliminou a entrevista, em 2023, para certos tipos de autorizações. Regras impactam vistos de estudante, turismo, intercâmbio e trabalho

Estados Unidos: permissão já havia sido implementada em 2022, mas agora foi estendida até o final deste ano para reduzir espera pelos vistos (Brendan Mcdermid/Reuters)

Estados Unidos: permissão já havia sido implementada em 2022, mas agora foi estendida até o final deste ano para reduzir espera pelos vistos (Brendan Mcdermid/Reuters)

L
Luciana Lima

10 de janeiro de 2023, 19h12

Morar nos Estados Unidos continua sendo o sonho de muita gente. E, não à toa, em 2022 o número de brasileiros que conseguiram o green card americano aumentou mais de 13 vezes em comparação com o mesmo período de 2021.

LEIA TAMBÉM:

E, se você também está se planejando para ir morar na terra do Tio Sam, existem boas notícias. O governo dos Estados Unidos autorizou, até o final de 2023, que consulados e embaixadas dispensem, quando necessário, a realização da entrevista presencial para a emissão de certos tipos de vistos.

A permissão já havia sido implementada em 2022, mas agora foi estendida até o final deste ano, como forma de reduzir o tempo de espera na concessão dos documentos.

Quem está isento de entrevista para visto americano?

De acordo com a regra, os oficiais consulares terão prerrogativa para dispensar candidatos da exigência de entrevista nos casos de primeiro pedido ou renovação do visto H-2, voltado para estrangeiros que vão aos EUA realizar trabalhos temporários e sazonais.

Além disso, também poderão ser isentos da entrevista solicitantes dos três tipos de visto de estudo e intercâmbio (F, M e J), além dos vistos H-1, H-3, H-4, L, O, P e Q, caso já tenham recebido um visto americano anteriormente e nunca tenham tido um pedido de entrada nos EUA negado.

A regra também prevê que qualquer renovação de visto, incluindo o de negócio e turismo (B1/B2), por exemplo, poderá ser dispensada da entrevista, se o visto anterior não tiver vencido há mais de 48 meses.

“É muito positivo ver o esforço do Departamento de Estado para reduzir o tempo de espera na emissão de vistos, especialmente com medidas que impactam o visto de turismo, que representa mais de 90% dos pedidos brasileiros”, diz o advogado Felipe Alexandre, sócio da AG Immigration, escritório com sede em Washington, D.C.

Ainda de acordo com o anúncio do governo americano, funcionários consulares poderão exigir a entrevista presencial, mesmo nos casos elegíveis de isenção, tendo em vista as condições locais de cada posto diplomático.

“Incentivamos os candidatos a verificar os sites das embaixadas e consulados para obter informações mais detalhadas sobre esse desenvolvimento, bem como o status operacional e os serviços atuais”, aconselha o Departamento de Estado em nota oficial.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.