Quais cargos estão mais sobrecarregados e estressados na pandemia?

A pesquisa Termômetro do Novo Normal mostra os níveis de estresse, ansiedade e de sobrecarga de trabalho do Jovem Aprendiz ao diretor

Se o nível de estresse na pandemia fosse uma competição (onde todos saem perdendo), os diretores sairiam na frente: segundo pesquisa da startup Pulses, 40% dos profissionais ocupando esse cargo relataram que sentem muito estresse.

A pesquisa da startup foi disponibilizada de forma gratuita para avaliar o sentimento de funcionários sobre o home office e a retomada de atividades presenciais. Com 84 empresas participantes e mais de 7.600 respondentes, eles criaram um Termômetro do Novo Normal.

E perceberam uma realidade preocupante: a alta liderança está mais estressada, mais sobrecarregada e com menos equilíbrio entre a vida pessoal e o trabalho.

“Além de lidar com processos, estruturas, clima organizacional e saúde dos colaboradores, os gestores também precisaram se reinventar e incorporar as recomendações sanitárias impostas, com os cuidados necessários de si e de sua família”, explica Beth Navas, co-fundadora e especialista em People Science da Pulses.

A pandemia foi um desafio para a saúde mental e soou o alarme para o problema dentro das empresas. Com os funcionários afastados e a ameaça do coronavírus, a área de Recursos Humanos teve que se utilizar de pesquisas frequentes para entender como estava o clima, saúde e bem-estar da empresa.

E essas pesquisas, como o termômetro criado pela Pulses, revelaram as angústias, ansiedades e incertezas que tiram a paz dos profissionais.

O lado positivo é que a nova forma de ouvir os funcionários também fornece dados detalhados para atacar os problemas na raiz e oferecer uma experiência melhor a eles.

“O conceito de ‘experiência’ não é novo nas empresas. Há décadas elas investem na experiência dos clientes com seus produtos e serviços. O employee nasce daí. Só que, em vez de olhar para quem está fora da organização, aqui estamos olhando para dentro”, conta Frederico Lacerda, fundador da startup paulistana Pin People, dedicada à tecnologia para medir a satisfação da mão de obra da empresa.

Nos três gráficos abaixo, o termômetro mostra por cargo os maiores e menores níveis de sobrecarga, ansiedade e estresse no trabalho de agosto a outubro. Os rankings estão em ordem crescente, com a nota média mais próxima de um indicando um nível mais intenso do sentimento. Veja:

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.