Qintess está com seu escritório do futuro pronto; veja as fotos e vagas

Com o novo espaço atraente, a empresa aposta no trabalho híbrido e tem mais de 300 vagas abertas com home office

Em abril de 2020, Breno Barros acabara de começar o trabalho como vice-presidente de inovação e de marketing da empresa quando recebeu um projeto grandioso: reformar o escritório de São Paulo para ter nova identidade da empresa.

Com 90% dos funcionários fazendo home office e sem uma data para voltar ao presencial, o projeto não tinha apenas o desafio de criar uma cultura para a empresa recém-formada após a fusão entre o Grupo Cimcorp e a Resource. Era necessário questionar a funcionalidade do espaço para um futuro ainda desconhecido.

“Tínhamos sete escritórios apenas em São Paulo, cada um com sua identidade visual. Mesmo com a pandemia, o projeto estava na mesa e a gente precisava de um escritório que representasse o olhar de inovação, tecnologia e criatividade da nova empresa”, fala ele.

A primeira etapa foi a realização de três hackatons com escritórios de arquitetura de recém-formados para trazer novas ideias, com premiação de R$ 30 mil para os ganhadores. Depois, o escritório de arquitetura AKMX assumiu a execução da obra.

“Foi um processo de co-criação, juntamos muitas ideias e trouxemos temas importantes para nós, como criatividade e sustentabilidade”, conta o VP.

Agora, em março de 2021, tudo está pronto, mas os cinco andares e 6.300 m² estão praticamente vazios por causa do agravamento da pandemia no Brasil.

“A gente descartou a ideia de abrir mão de um andar e pensamos em como transformação o espaço em um local de convivência. Até semana passada, as pessoas vinham aqui quando precisavam se sentir conectadas e o escritório se tornou acolhedor, até para melhorar a saúde mental”, diz ele.

Por enquanto, o espaço fica pronto para um futuro com mais colaboração e foco no bem-estar. E a empresa segue com seus planos de crescimento e atração de talentos na tecnologia. No momento, são 337 vagas em São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte e Curitiba. Todas são para home office e abertas para pessoas de todo o país. Veja mais sobre as oportunidades e se inscreva no site.

Neuroarquitetura e cultura da empresa: o projeto foi pensando com o intuito de que as cores e formatos dos ambientes fossem estimulantes para a um ambiente de criatividade e inovação. “Ainda temos algumas obras de arte que vão chegar e contratamos artistas para fazer uma galeria. Olhar para arte também estimula a mente criativa. A gente queria algo que mostrasse fluidez também, então isso fica perceptível nas curvas que incluíram no projeto e no formato de circunferência na circulação dos andares”

Área de convivência aberta: com inspiração em prédios do Google e da Salesforce, a empresa vai ter um andar apenas para convivência e descompressão, com salas de yoga, garage band, estúdio de gravações, café, lactário e sala de jogos. O acesso ao andar será liberado para o público, funcionando também como um coworking.

Sustentabilidade: o escritório foi projetado para aproveitar ao máximo a luz natural e reduzir o uso de energia elétrica, mantendo as luzes desligadas durante boa parte do dia e em mesas e salas vazias. O projeto também adiciona plantas e materiais naturais.

Colaboração: com armários para os funcionários deixaram os pertences e sem mesas fixas, todo o ambiente favorece o trabalho em equipe. A pessoa pode reservar um lugar diferente a cada dia, trabalhar no sofá com colegas, puxar mesas e cadeiras para colaborar em projetos ou escolher um canto silencioso para se concentrar.

Confira as fotos do novo escritório em São Paulo:

 (Qintess/Divulgação)

 (Qintess/Divulgação)

 (Qintess/Divulgação)

 (Qintess/Divulgação)

 (Qintess/Divulgação)

 (Qintess/Divulgação)

 (Qintess/Divulgação)

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.