Profissão que dominou os EUA chega ao Brasil pagando média de R$ 9 mil

Vagas não exigem experiência prévia nem formação superior; pagamentos podem chegar aos R$ 23 mil mensais; veja como ingressar nesse mercado
 (Unsplash/Empiricus/Reprodução)
(Unsplash/Empiricus/Reprodução)
E
EMPIRICUS - UM CONTEÚDO PROMOCIONAL

Publicado em 23/09/2022 às 14:28.

Última atualização em 23/09/2022 às 15:35.

Empiricus – Um conteúdo promocional

O que você acharia de um emprego que não exige faculdade e tem remuneração média de R$ 9 mil por mês? Pois saiba que esse emprego existe, e o melhor: ele está com centenas e até milhares de vagas abertas.

Isso mesmo, o pagamento médio dessa profissão é de mais de R$ 9 mil. E a melhor parte é que esse emprego não exige nem formação superior. Você pode ganhar remuneração de “elite” sem nunca ter pisado numa faculdade.

Estou falando de uma profissão que virou febre nos Estados Unidos, que já enriqueceu muitos americanos e que, agora, também pode enriquecer alguns brasileiros. Um deles pode ser você.

O necessário é apenas dedicação, esforço, acesso a um conjunto específico de conhecimentos e disposição para entrar de cabeça em uma nova atividade com alto potencial de lucratividade, que está revolucionando o ecossistema de finanças brasileiro.

Me refiro aqui à profissão de Assessor de Investimentos, um profissional chave no processo de democratização dos investimentos no país.

Estamos talvez diante da maior oportunidade da história do país para enriquecer nesse segmento. A chance de ganhar mais de R$ 100 mil por ano é real aqui. E eu vou te mostrar por quê.

Demanda por esses profissionais jogou os salários nas alturas

Bom, isso acontece simplesmente por conta do momento atual no cenário dos investimentos.

Nos últimos anos, o país passou por um grande boom no acesso a produtos de investimento no país, o que se reflete no número de CPFs cadastrados na B3.

(G1/Reprodução)

Ou seja, é uma simples questão de oferta e demanda. Quanto mais pessoas investindo, mais aumenta a demanda por profissionais qualificados para ajudar em todo esse processo.

Isso se reflete diretamente na remuneração desses profissionais. De acordo com o agregador de dados Glassdoor, a remuneração média desse profissional, incluindo bônus, comissões, participações nos lucros e outros pagamentos, é de R$ 9.000.

Em casos extremos, a remuneração pode chegar aos R$ 53 mil por mês, como você pode ver no print abaixo, em uma pesquisa realizada com mais de 8 mil assessores.

(Glassdoor/Reprodução)

Não à toa que existem, literalmente, centenas de vagas abertas por empresas desesperadas para encontrar os melhores profissionais — com salários que superam, com facilidade, a média do mercado de trabalho.

(LinkedIn, Glassdoor, Itaú/Reprodução)

QUERO SABER COMO DISPUTAR UMA DESSAS VAGAS

Entenda por que agora é a hora de aproveitar essa chance

Mas a melhor parte de todo esse processo de democratização dos investimentos é que isso é algo recente no Brasil, mas que já aconteceu há muitas décadas em países mais desenvolvidos.

Ou seja, ao olharmos para países como os EUA, podemos tentar prever o que vai acontecer no nosso país com uma alta precisão.

E os resultados dessa análise para o assessor de investimentos são chocantes.

Como eu falei, essa profissão virou febre nos EUA, e isso não é exagero. Em 2020, existiam quase 14 mil assessorias de investimento registradas no país, e mais de 337 mil assessores.

Em comparação, sabe quantos profissionais capacitados para ser assessores existem no Brasil? Prepare-se para ficar chocado: cerca de 24 mil.

É isso mesmo. São 337 mil assessores nos EUA ante 24 mil no Brasil.

Que fique clara também a diferença entre os dois cenários de investimentos: nos EUA, cerca de 145 milhões de pessoas investem na Bolsa, ante 5 milhões no Brasil.

Mas o cenário no Brasil acaba de começar a mudar. O país, literalmente, acabou de passar por uma explosão de CPFs cadastrados — e isso, provavelmente, é só o começo.

Interesse por investimentos explodiu nos últimos anos; isso explica a ascensão desse profissional

(Investing.com/Reprodução)

Esse gráfico deixa escancarada a oportunidade brutal que existe aqui.

Perceba que, desde 2014 até 2018, os números se mantiveram estagnados, em cerca de 500 mil CPFs. De 2018 para cá, o número se multiplicou 10 vezes.

Isso mesmo, 10 vezes. É, literalmente, um crescimento exponencial.

O que você acha que vai acontecer se esse crescimento continuar assim, daqui a alguns anos, com os profissionais que trabalham com investimentos? Quando o Brasil tiver, por exemplo, 10 milhões ou 50 milhões de CPFs cadastrados?

A demanda por profissionais de investimentos, inclusive assessores, tende a explodir — e, consequentemente, os salários também.

Quando chegar esse momento, milhões de pessoas vão correr para se tornar assessores, em busca dos melhores salários. Mas essas pessoas estarão atrasadas.

Quem tem a chance de enriquecer com isso é quem vai começar agora, enquanto esse movimento ainda está no início.

Ou seja, quem tem a chance de enriquecer com esse movimento é você, que está lendo esta matéria agora, em setembro de 2022.

Esse é só o começo de uma potencial revolução financeira. E você é um dos poucos que têm acesso a essa oportunidade antes de todo mundo.

QUERO SABER COMO INGRESSAR NESSE MERCADO COM REMUNERAÇÃO MÉDIA DE R$ 9 MIL

Comece do zero agora mesmo com uma formação profissional completa

Eu sei que tudo isso parece bom demais para ser verdade. Mas esta é a tendência dessas revoluções: criar novos empregos e pagar excessivamente bem nos primeiros anos.

Isso aconteceu em praticamente toda revolução tecnológica pela qual a humanidade passou. Novos empregos foram criados, em vista da necessidade de atender as demandas das novas tecnologias — e quem estava qualificado antes de todo mundo teve a chance de surfar a onda e aproveitar os melhores salários.

Mas é claro que nem tudo são rosas. Existe um grande gargalo para quem quer começar a ganhar dinheiro nessa nova profissão.

Você precisa de um conjunto de conhecimentos que, embora não sejam tão difíceis como matemática avançada com cálculos complexos, não são óbvios e precisam ser aprendidos para exercer essa profissão.

Isso faz sentido. Afinal, uma remuneração média de R$ 9 mil só pode ser possível se o profissional sabe o que está fazendo e entrega um trabalho de extremo valor para a empresa.

A boa notícia é que, com o amadurecimento desse mercado, diversas soluções foram criadas para inibir esse problema inicial. Hoje já é possível começar do zero e, em apenas alguns meses, adquirir os conhecimentos necessários para ter condições de disputar qualquer vaga.

Como isso é possível? Algumas empresas oferecem formações profissionais, verdadeiros cursos de qualificação — muitos deles sendo até gratuitos.

Uma das principais formações desse segmento, que inclusive está chamando bastante atenção no mercado, é a oferecida pela área de educação do grupo Empiricus.

Inscreva-se de graça na abertura da nova formação de assessores

O Grupo Empiricus faz parte do grupo de empresas sob o guarda chuva do BTG Pactual, maior banco de investimentos da América Latina. Ou seja, tem gente grande e bastante séria por trás dessa formação — provavelmente de olho nos profissionais que serão formados.

E agora a empresa está com uma nova proposta ousada: formar um novo exército de assessores de investimentos. O objetivo é formar os profissionais mais qualificados do mercado, que vão esmagar a concorrência e conquistar os melhores salários do mercado.

Trata-se de um plano de qualificação para buscar obter a sua Certificação CEA — qualificação necessária para atuar nesse mercado.

Você vai aprender tudo que precisa sobre esse novo universo e vai ter a chance de ganhar mais de R$ 6 mil por mês — mesmo sem nunca ter estudado finanças na vida.

Para receber mais informações sobre essa oportunidade, é só clicar no link abaixo. Um salário médio de R$ 9 mil pode estar te esperando do outro lado.

QUERO ASSISTIR ÀS AULAS E BUSCAR UMA REMUNERAÇÃO MÉDIA DE R$ 9 MIL

Empiricus – Um conteúdo promocional