Professor de português tira dúvidas sobre dois vícios de linguagem

Qual é a forma correta: desconto cumulativo ou acumulativo? O professor Diogo Arrais explica

Nesta semana, separei duas dúvidas (e vícios) comuns em nosso país. Vejamos:

1. USO DO TERMO “QUEM”

A todo momento, os locutores usam o “quem”. Como exemplo, uma expressão falada por um famoso:

“O jogador quem mais respeitamos é…”

Na atual Língua Portuguesa, “quem” é empregado com referência a pessoa ou a algo personificado:

“O jogador a quem mais respeitamos é…”

Além disso, de acordo com a norma gramatical, “quem” – introduzindo oração subordinada – vem sempre precedido por preposição.

Lembremo-nos de que essa regra não leva em consideração o fato de o verbo “respeitar” ser transitivo direto (sem auxílio da preposição). A preposição deve ser usada por causa da introdução de nova oração; está acima da questão regencial do verbo:

“O jogador DE quem mais falamos é…”
“O jogador A quem mais respeitamos é…”

2. Qual é a forma correta: desconto cumulativo ou acumulativo?

Essa é uma dúvida comum envolvendo variações, uma vez que “cumulativo” provém de “acumulativo”. Nos muitos dicionários de nossa Língua, vê-se que um termo é sinônimo do outro.
Em outras palavras, use “desconto cumulativo” ou “desconto acumulativo”; ambas as formas estão corretas.

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

DIOGO ARRAIS
http://www.ARRAISCURSOS.com.br
YouTube: MesmaLíngua
Professor de Língua Portuguesa
Fundador do ARRAIS CURSOS

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.