Carreira

Professor dá dicas de português para o concurso da Dataprev. Veja os principais pontos

Diogo Arrais comenta em sua coluna de hoje sobre as regras gramaticais e o estudo de texto que costumam pesar em toda a prova

Diogo Arrais, professor de português: Concurso é um jogo, uma competição - os mais frios em análise vencem (Getty Images/Divulgação)

Diogo Arrais, professor de português: Concurso é um jogo, uma competição - os mais frios em análise vencem (Getty Images/Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 1 de agosto de 2023 às 15h30.

Por Diogo Arrais, professor de português (@diogoarrais)

Quem busca a aprovação no concurso da Dataprev deve ter atenção ao estudo do texto: gêneros; pressupostos e subentendidos; inferências, paráfrase e reescritura. A resposta pretendida está no enunciado; muitos candidatos levam o teor da subjetividade e despencam-se em análises indevidas.

Destaco: responda a provas anteriores, da mesma banca examinadora. Sobre o conhecimento da norma, haverá questões sobre Pronomes Oblíquos, Demonstrativos, Relativos.

O examinador não desprezará as tradicionais questões sobre Verbos (tempos, modos, transitividade, conjugações polêmicas). Dedique um tempo para entender, de fato, o tema Vozes Verbais.

Sempre que se estuda para um concurso, antes das principais regras de Pontuação, criar um caminho compreensivo (e uma boa base) para a Análise Sintática.

Pois bem: agora, uma previsão do que estará presente no concurso.

  • Em Morfologia, Pronome, Verbo, Advérbio e Conectivos (dê muita atenção a ter um vasto repertório das conjunções e coesivos em geral);
  • Em Sintaxe, aprenda de fato. Não fique apenas em processos mnemônicos (memorizando), como "ficar perguntando a verbo";
  • Pontuação é matéria de "todos os dias": teoria e prática;
  • Concordância: enumere os casos principais entre os gramáticos;
  • Regência e Crase: diante de um bom manual regencial, a consulta deve ser diária a verbos (ou nomes) e suas consequentes transitividades.
  • Acima de tudo, invista nas questões sobre compreensão textual.

Para o sucesso, é muito importante ter obras gramaticais atualizadas, provas anteriores e livros com questões comentadas.

Os candidatos mais ingênuos costumam ir com "sede ao pote"; costumam polemizar as questões textuais. Responda ao proposto pelo enunciado. Concurso é um jogo, uma competição - os mais frios em análise vencem.

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

Acompanhe tudo sobre:ConcursosConcursos públicosDataprevDicas de Português

Mais de Carreira

3 tipos de frases para evitar usar no seu currículo

‘Será revolucionário’: veja as previsões desse especialista para o futuro da IA no marketing digital

Educação técnica em SP: estado vai ampliar de 71,9 mil para 170 mil vagas no ensino técnico em 2025

“Eu sou um homem trans e também tenho preconceitos”, diz head de diversidade da B3

Mais na Exame