Papai Noel em topo de carreira fatura até 15 mil por mês

Empregabilidade do Papai Noel está em alta, mas crise fez minguar demanda para festas de empresas. Veja as competências exigidas para a profissão

São Paulo – Antes de sair cultivando a barba branca e a barriga de Bom Velhinho, animado com ganhos de até 15 mil na temporada, veja bem: salário de encher os olhos, mesmo, só cai na conta corrente de Papais Noéis experientes.

Segundo Silvio Ribeiro, o Papai Noel em atividade mais antigo do Brasil, novatos não ganham nem perto disso. “Os jornalistas divulgam esse valor de 15 mil e as pessoas acham que vão começar com este salário. Não é assim”, diz.

Dar expediente vestindo a tradicional (e quente) roupa vermelha em hipermercados, redes de magazines e lojas rende ganhos mais modestos, afirma Ribeiro. “Entre 1,2 mil e 3 mil reais por mês”, diz.

Grandes shoppings  pagam mais: entre 10 mil e 15 mil reais por temporada de Natal (em média 45 dias). No entanto, a jornada de trabalho é pesada. “A fila é enorme e os turnos de trabalho são de 6 a 7 horas”, afirma.

Já presenças pontuais em empresas e residências são “freelas” que podem complementar o orçamento dos Bons Velhinhos de plantão. “Por duas horas, são 150 a 200 reais, em média”, diz Ribeiro.

Mas, a retração da economia, diz Ribeiro, fez minguar o número de festas corporativas com trono para o Papai Noel. “É a crise que chegou nas empresas”, diz.

As "festas de firma" podem até estar em baixa, no entanto, nem tudo é má notícia. Ribeiro - criador do primeiro curso de Papai Noel, Mamãe Noel e Noelete do Brasil que já formou mais de 1.200 profissionais - garante que a empregabilidade na profissão está em alta.

"Têm surgidos novos shoppings e todos contratam Papai Noel. Associações de lojistas também são uma fatia importante de mercado, além de prefeituras que montam a Casa do Papai Noel”, diz. Além de dar o treinamento, sua empresa, a Claus Produções Artísticas, também fornece profissionais para o mercado.

Competências exigidas pela profissão

Entre os requisitos para se dar realmente bem como Papai Noel profissional estão barba branca (de preferência natural),  barriga fofinha, muito bom humor e técnica para soltar o Ho Ho Ho.

“É a marca registrada do Papai Noel em todo mundo. Para ser convivente, tem que treinar a respiração e entonação e praticar muito na frente do espelho”, diz.

Bons profissionais, de acordo com ele, são aqueles que transitam bem entre as esferas emocional e lúdica. “O bom Papai Noel é aquele que trabalha com emoção, alegria e amizade profunda. Tem que entrar no mundo da criança”, diz.

Visitar lojas de brinquedos e conhecer os lançamentos de sucesso entre a criançada também é um recomendação importante, assim como, usar maquiagem. “Vejo durante o curso que algumas pessoas têm preconceito, mas tem que usar para que as bochechas  fiquem rosadas”, diz. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.