De office-boy a CEO com o marketing: conheça a trajetória de Bruno Motti

Estudar marketing digital permitiu entender o perfil do cliente do futuro. E entender quais serão as tendências de consumo. Isso fez total diferença.
 (Exame/Exame)
(Exame/Exame)
Carlo Cauti
Carlo Cauti

Publicado em 17/04/2022 às 19:32.

Última atualização em 20/04/2022 às 12:12.

De office-boy e estoquista em uma loja de shopping para CEO de uma empresa de marketing digital.

Uma trajetória de sucesso que muita gente considera impossível, mas que, na verdade, é possível realizar.

Empresas bilionárias e instituições financeiras do mundo todo estão caçando um tipo específico de profissional. Descubra gratuitamente as habilidades que você precisa para se tornar o profissional mais requisitado do mercado e alcançar cargos e salários mais altos. Clique aqui e saiba mais!

É o caso de Bruno Motti, CEO da iHub e do GCB Group, que começou com muita dificuldades, tendo perdido o pai na infância.

Por isso teve que começar a trabalhar muito cedo, com trabalhos mais humildes, como office-boy e estoquista.

Mas os obstáculos que a vida lhe colocou diante não o fizeram desistir, e conseguiu se formar em marketing, conquistando em seguida um MBA em gestão de negócios.

Além de muita dedicação, Motti decidiu investir em conhecimento, focando no marketing digital.

“Muitos dizem que a internet ainda é o futuro de tudo, eu já acho que se olharmos ao nosso redor, veremos que ela já é o presente”, explicou o Motti.

Para ele, estudar marketing digital permitiu entender o perfil do cliente do futuro. E permite entender quais serão as tendências de consumo.

Motti se especializou em questões como a produção de conteúdo para o Instagram, ao mapeamento do comportamento do consumidor na web, até ao marketing de experiência.

“Se hoje acessamos bens e serviços por meio de notebooks, celulares e relógios conectados no mundo virtual, amanhã será a vez dos adolescentes, por meio de roupas, óculos, carros. Por isso que digo: quem não estiver a um dedo de distância de seu cliente, vai perder para a concorrência”, disse o executivo à Exame.

Motti contou que nos últimos seis anos, rodou os mais importantes países do mundo em busca de aprendizado.

“Fiquei meses na China para entender a cultura desse povo. Passei pela África. Estive em feiras nos Estados Unidos, Suíça e Malásia, e tudo que aprendi até hoje no mundo dos negócios está aqui, dentro na internet”, explica.

Os conhecimentos que trouxe de volta lhe permitiram de construir o iHub, uma plataforma de empreendedorismo focada em marketing digital, com a qual está trabalhando para lançar novos produtos.