O que você faria se soubesse que seria demitido? Ele contratou um palhaço

O palhaço deu seu apoio para o funcionário que seria demitido criando animais com balões, como o clássico poodle e um unicórnio

São Paulo - Quando recebeu um e-mail de seus chefes chamando-o para uma reunião, o redator Josh Thompson sentiu que não receberia uma boa notícia.

E tinha razão: ele foi demitido da agência de publicidade FCB New Zealand.

Ao menos, Josh seguiu a recomendação do RH de levar um acompanhante para suporte emocional. No entanto, no lugar de um amigo ou parente, ele decidiu contratar um palhaço.

“Eu decidi que iria precisar da melhor pessoa de suporte disponível, então gastei 200 dólares para contratar um palhaço”, conta ele em mensagem nas redes sociais.

Então, acompanhado de Joe, ele enfrentou a reunião. O palhaço deu seu apoio criando animais com balões, como o clássico poodle e um unicórnio. Quando foi dada a notícia da demissão, ele fez mímica mostrando tristeza.

Mesmo desempregado, Josh recomenda a contratação de palhaços para momentos difíceis no escritório e elogiou o profissionalismo de Joe. A situação não deixou de ser desagradável, mas teve um alívio cômico.

Um porta-voz da agência comentou para o jornal NZ Herald que não pode revelar detalhes sobre seus funcionários, mas que essa é uma das histórias mais estranhas que já ouviram.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.