O metaverso pode ser útil na mobilidade? Competição gratuita dará até R$ 30.000 para boas ideias

Dividido em duas etapas e com olhares de grandes players do setor, a competição tem 120 vagas abertas para estudantes de todas as idades e níveis
Por trás da competição no metaverso estão empresas, institutos e aceleradoras Basf, Bosch, Scania, Mercedes-Benz, e-Volve.one, emoov, Binance, BNB Chain, IEL e Senai (iStock/Reprodução)
Por trás da competição no metaverso estão empresas, institutos e aceleradoras Basf, Bosch, Scania, Mercedes-Benz, e-Volve.one, emoov, Binance, BNB Chain, IEL e Senai (iStock/Reprodução)
D
Da RedaçãoPublicado em 23/11/2022 às 10:29.

As possibilidades do metaverso estão levando empresas a montar treinamentos dedicados a formar estudantes para o trabalho nesses ambientes.

Uma dessas iniciativas é o Jump Start, uma competição de estudantes com o tema “Metaverso na Mobilidade”.

Por trás da competição estão empresas, institutos e aceleradoras Basf, Bosch, Scania, Mercedes-Benz, e-Volve.one, emoov, Binance, BNB Chain, IEL e Senai.

A competição premiará os três primeiros colocados com vouchers e brindes que chegam a um total de 30.000 reais.

As inscrições podem devem ser realizadas no site da SAE BRASIL ou pelo Sympla até o dia 25 de novembro ou até que as vagas sejam totalmente preenchidas.

Serão 120 vagas para estudantes de todos os níveis e idades.

A competição será realizada durante o 29º Congresso e Mostra Internacionais de Tecnologia da Mobilidade SAE BRASIL.

O evento é dividido em duas etapas:

  • a primeira com uma imersão sobre Metaverso e oportunidades de desenvolvimento de ideias inerentes a mobilidade e treinamentos de ideação como a metodologia de Design Thinking
  • a segunda com a competição presencial.

Ao todo serão 5 dias de imersão antecedendo o Congresso SAE BRASIL 2022, com eventos online em formato treinamento com especialistas da área, considerando as entregas previstas na competição e para a apresentação de cases voltados às áreas predefinidas sobre Metaverso.

Já na segunda fase, nos dias 26 e 27 de novembro, os estudantes desenvolverão suas ideias e criarão um projeto relacionado aos desafios propostos dentro da temática Metaverso na Mobilidade, e terão entregas programadas sobre suas ideias nestes 2 dias a respeito de solução, mercado, aplicação e as 3 ideias com as maiores pontuações alcançadas durante a competição, farão uma apresentarão para uma banca avaliadora que definirá a classificação final, com base em sua capacidade analítica, efetividade na comunicação, grau de novidade, solução estratégica e relação com a mobilidade, assim definindo o grupo vencedor, com direito a premiação para os três primeiros colocados.

Uma novidade deste evento para o segmento é que participantes e mentores irão receber seus certificados de participação em formato NFT cedido pela Binance e BNB Chain, sendo que os vencedores da competição receberão NFTs especiais.

Tulio Coletto, associado e membro da mentoria de Transformação Digital da SAE BRASIL e um dos responsáveis pelo desenvolvimento da competição, conta que esses jovens premiados, dependendo da qualidade de seus projetos, poderão conseguir a mentoria de incubadoras das empresas patrocinadoras, servindo como uma verdadeira vitrine de talentos.

“O Jump Start nasceu para proporcionar uma jornada de imersão e formação em empreendedorismo e inovação aos estudantes, por meio de treinamentos e lives temáticas, aproximando os participantes às empresas de uma maneira transparente e dinâmica. Queremos, também, criar um ambiente de inovação, onde as ideias geradas podem ser aceleradas pelos parceiros presentes no Congresso", diz.

"Por fim, um outro pilar importante é o da educação. Vamos fomentar a cultura empreendedora dos estudantes, com experiências práticas de desafios reais da sociedade, e pondo estes estudantes em contato mentores especialistas em suas áreas, que estão no mercado e que vão ministrar treinamentos, apresentar ferramentas e metodologias de inovação, como o Design Thinking, por exemplo, e o mais legal será a possibilidade destes estudantes serem selecionados como Talentos pelas empresas participantes, que podem levá-los a fases avançadas dos processos de seleção.”

Em busca dos melhores talentos, as empresas participantes do Hackathon formarão uma comissão de Recursos Humanos para avaliar os participantes com o intuito de convidar os mais preparados às fases mais avançadas dos processos de seleção que eventualmente estão abertas em todas as empresas participantes, como por exemplo, vagas de estágio. As inscrições podem ser feitas entre 03 e 23 de novembro diretamente no site.