• AALR3 R$ 19,72 -0.15
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,44 -0.60
  • ABEV3 R$ 14,71 1.17
  • AERI3 R$ 3,98 6.13
  • AESB3 R$ 10,84 1.88
  • AGRO3 R$ 31,45 -1.90
  • ALPA4 R$ 21,82 0.09
  • ALSO3 R$ 19,64 -0.25
  • ALUP11 R$ 26,31 0.23
  • AMAR3 R$ 2,28 2.24
  • AMBP3 R$ 28,99 -2.55
  • AMER3 R$ 23,47 1.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,49 2.04
  • ARZZ3 R$ 81,90 -0.72
  • ASAI3 R$ 15,41 -0.45
  • AZUL4 R$ 21,01 1.60
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
  • AALR3 R$ 19,72 -0.15
  • AAPL34 R$ 74,65 1.01
  • ABCB4 R$ 16,44 -0.60
  • ABEV3 R$ 14,71 1.17
  • AERI3 R$ 3,98 6.13
  • AESB3 R$ 10,84 1.88
  • AGRO3 R$ 31,45 -1.90
  • ALPA4 R$ 21,82 0.09
  • ALSO3 R$ 19,64 -0.25
  • ALUP11 R$ 26,31 0.23
  • AMAR3 R$ 2,28 2.24
  • AMBP3 R$ 28,99 -2.55
  • AMER3 R$ 23,47 1.82
  • AMZO34 R$ 73,23 1.29
  • ANIM3 R$ 5,49 2.04
  • ARZZ3 R$ 81,90 -0.72
  • ASAI3 R$ 15,41 -0.45
  • AZUL4 R$ 21,01 1.60
  • B3SA3 R$ 11,30 -1.48
  • BBAS3 R$ 35,58 1.34
Abra sua conta no BTG

Estas são as áreas com o melhor e o pior bem-estar entre os profissionais

Quais setores têm os profissionais mais estressados? E quem tem o melhor bem estar? Confira o ranking do IBC Zenklub
Estresse: pesquisa alerta para alto nível de burnout nas organizações (Getty Images/FG Trade)
Estresse: pesquisa alerta para alto nível de burnout nas organizações (Getty Images/FG Trade)
Por Luísa GranatoPublicado em 09/12/2021 16:38 | Última atualização em 10/12/2021 10:52Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Qual é a melhor área para trabalhar e ter boa qualidade de vida? A resposta dessa pergunta pode depender de diversos fatores e a startup Zenklub criou uma pesquisa para ajudar a resolver a questão.  

O Índice de Bem-estar Corporativo do Zenklub em 2021, publicado com exclusividade pela EXAME, mostrou que a felicidade dos funcionários deixa a desejar: o primeiro IBC teve uma nota de 49,25. 

Dentro de uma escala de zero a 100, as empresas brasileiras ficaram abaixo o índice ideal de 78. O levantamento teve mais de 1.600 respostas de funcionários de 335 empresas. 

A pesquisa utilizou um teste com 32 perguntas e é baseado em cinco aspectos: burnout, adição ao trabalho, volume de demanda e controle, relacionamento com colegas e líderes e ambiente. 

Os primeiros três fatores pesam negativamente na nota. Ou seja, quanto maior é a uma nota de burnout, menor é o bem-estar dentro da empresa. Com nota geral de 58,75, a pesquisa mostra que os profissionais estão apresentando sintomas comuns de esgotamento, o que deve servir de alerta para as empresas.

Outros fatores ajudaram a elevar a nota. Do lado do relacionamento com colegas, a nota de 74,68 ajudou a alavancar o IBC. O objeto é acompanhar a evolução do índice periodicamente e fazer um termômetro do bem-estar no mercado brasileiro.  

Com a pandemia, a saúde mental tornou-se uma forte preocupação corporativa. Números da Organização Mundial da Saúde mostram que a ansiedade e a depressão retiram da economia mundial cerca de 1 trilhão de dólares por ano. 

O estudo, nomeado de Scaling-up treatment of depression and anxiety: a global return on investment analysis, também calcula que a cada um um dólar investido no tratamento dessas condições mentais, quatro dólares são obtidos como retorno.

Juntas, depressão e a ansiedade crônica afetam cerca de 10% da população, de acordo a Organização. 

“Precisamos de uma visão evolutiva. As empresas perceberam que a saúde e segurança psicológica se tornaram obrigatórias, é necessário ter integridade para produzir. A saúde deve deixar se ser um custo para ser um ativo”, diz Rui Brandão, médio e CEO da Zenklub. 

Além da nota geral, a startup fez um ranking dos setores com o melhor e o pior bem-estar:

A empresa colocou uma nota boa para o índice sendo 78. Mesmo os setores com melhor bem-estar ainda ficaram abaixo desse valor:

(Patrícia Lima/Exame)

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da EXAME Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.