Lewandowski no Barcelona: o que a decisão do jogador ensina sobre carreira

João Almada, Gerente de recrutamento da Mappit, empresa do Talenses Group, listou cinco lições de carreira que podemos tirar com a ida do jogador polonês para o time espanhol
Robert Lewandowski: atleta foi apresentado como jogador oficial do Barcelona na última quarta-feira (Eric Espada / Correspondente/Getty Images)
Robert Lewandowski: atleta foi apresentado como jogador oficial do Barcelona na última quarta-feira (Eric Espada / Correspondente/Getty Images)
L
Luciana Lima

Publicado em 23/07/2022 às 11:00.

Última atualização em 25/07/2022 às 09:40.

Após algumas semanas de negociação, na última terça-feira, 19, o Barcelona concluiu o acordo para a contratação do jogador Robert Lewandowski em uma transação que custou 45 milhões de euros (R$ 249 milhões).

O jogador polonês foi apresentado oficialmente na quarta-feira, 20, e está cotado para estrear pelo time espanhol já neste sábado, na partida Barcelona x Real Madrid, que acontece às 00h (Horário de Brasília).

VEJA TAMBÉM:

A contratação do camisa 9 deu o que falar mesmo antes do acordo ser selado porque Lewandowski é, inegavelmente, um dos ídolos do Bayern de Munique, time que está deixando para trás e no qual trilhou boa parte da sua carreira.

No time alemão, marcou 343 gols em 373 jogos e ganhou oito títulos da Bundesliga, liga da Alemanha, alcançando o posto de maior artilheiro do Bayern, atrás apenas de Gerd Muller.

Enquanto atuava pelo time, neste ano, o atacante foi eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa pela segunda vez. Mesmo com todos os títulos e amado pela torcida do Bayern, Lewandowski decidiu deixar o time, em uma passo que surpreende muita gente. Com 33 anos, o jogador polonês é considerado "velho" para o futebol.

Fora isso, escolheu ir para o Barça quando o time não está lá em um dos seus melhores momentos. Além de ter caído na fase de grupos da última Champions League, o time não passou das quartas da Liga da Europa.

“No futebol, temos que estar sempre famintos, e ainda estou faminto. Minha mentalidade é sempre ganhar, marcar gols. Estou na posição certa para isso agora”, disse Lewandowski, durante a rápida apresentação da última quarta.

Se a fome de vencer será suficiente e a decisão se mostrará acertada ou não, ainda é cedo para saber, mas a mudança de time e a guinada de Lewandowski carrega muitas lições de carreira que podem inspirar diversos profissionais — mesmo aqueles de áreas bem distantes do futebol. A seguir, João Almada, Gerente de recrutamento da Mappit, empresa do Talenses Group, lista cinco delas.

Veja, a seguir, cinco lições de carreira da ida de Lewandowski para o Barcelona:

1. Superação

Apesar do jogador ser considerado “velho" para o futebol, onde as carreiras são bastante curtas, aos 33 anos Lewandowski não se intimidou em sair do Bayern de Munique, time em que conquistou muitos títulos, inclusive o de melhor do mundo, para elencar o Barcelona, atualmente em baixa. No entanto, o atacante mostrou confiança ao afirmar,  em recente entrevista, que está no melhor lugar para vencer.

2. Perseguir seus objetivos

Lewandowski já vinha mostrando sinais de que tinha vontade de deixar o Bayern, mesmo antes do término de seu contrato. Nos bastidores, o polonês pressionava por uma transferência, até que conseguiu alcançar seu objetivo. O fato de o diretor esportivo do clube alemão, Hasan Salihamidzic, criticar as atitudes do jogador, ele não perdeu seu foco e percorreu os caminhos necessários para chegar aonde queria.

3. Resiliência

Recomeçar em um novo time é como mudar de empresa. Requer readaptação em um novo ambiente, nova língua, novos parceiros de time, novos comandos, uma outra cultura. Lewandowski ainda chega ao clube catalão no meio da pré-temporada, tendo que acelerar todos esses processos para chegar ao Bayern já entrando em campo.

4. Acreditar em seu potencial

Se você está em uma função é porque está apto a exercê-la. Se você quer ir além, acredite no seu potencial e se esforce para chegar aonde quer. Lewandowski é reconhecido pela sua eficiência e pelo grande número de gols marcados em toda sua carreira. A ida dele ao Barcelona é mais um gol em sua história, já que acertou em cheio a rede que estava mirando. Ainda a cerca de um ano, o mestre do Barça, Lionel Messi, deixou o time para atuar no Paris Saint- Germain. Até então, o time não teve mais ninguém ocupando esse papel de protagonista. Esta também é uma chance de, em grupo, Lewandowski dividir suas experiências em campo e se tornar o novo protagonista.

5. Trabalhar em equipe

Lewandowski percebe exatamente as limitações do Barcelona e o atual momento do clube, mas identifica o potencial de sua nova equipe para voltar a ocupar o topo do futebol espanhol. Ele afirma que quer dar alegria aos torcedores catalães e conta com o time para chegar lá.

 

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.