INSS: começam nesta sexta-feira as inscrições para o concurso; veja como se inscrever

Estão sendo ofertadas mil vagas para técnico do seguro social
O concurso será realizado em duas etapas: provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, e curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório (Agência Brasil/Agência Brasil)
O concurso será realizado em duas etapas: provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, e curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório (Agência Brasil/Agência Brasil)
A
Agência Brasil

Publicado em 16/09/2022 às 11:27.

Última atualização em 16/09/2022 às 11:28.

As inscrições para o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começam nesta sexta-feira (16) e vão até as 18h (horário de Brasília) do dia 3 de outubro. Elas podem ser feitas somente na página do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O valor da taxa de inscrição é R$ 85 e poderá ser pago até o dia 21 de outubro.

Nessa quinta-feira (15), o INSS divulgou o edital do concurso com mil vagas para o cargo de Técnico do Seguro Social. A remuneração bruta inicial é até R$ 5.905,79. O documento foi publicado no Diário Oficial da União. Das mil vagas oferecidas, 708 são para ampla concorrência, 90 para pessoas com deficiência e 202 destinadas a pessoas negras.

De acordo com o órgão, o objetivo é reforçar o quadro de pessoal e melhorar os serviços prestados à população. Para participar do concurso, o candidato deverá ter ensino médio ou curso técnico equivalente, concluído até a data da posse e com diploma expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

O concurso será realizado em duas etapas: provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, e curso de formação, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação das provas objetivas está prevista para o dia 27 de novembro.

Além de conhecimentos específicos da legislação da seguridade social, a prova contará com as disciplinas de Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, noções de Direito Constitucional, noções de Direito Administrativo, noções de Informática e Raciocínio Lógico-Matemático. O curso de formação será realizado nas cidades de Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Florianópolis (SC), Fortaleza (CE), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP).

Os candidatos nomeados estarão subordinados ao Regime Jurídico Único dos Servidores Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais (Lei nº 8.112/1990). As lotações serão feitas em qualquer Agência da Previdência Social pertencente à Gerência Executiva do INSS à qual o candidato optou por concorrer. Há vagas para gerências nos 26 estados e no Distrito Federal.

Entre as atividades que serão executadas pelos novos servidores, estão o atendimento ao público; orientação, informação e conscientização previdenciária; e ações relacionadas ao reconhecimento de direitos previdenciários.

Como é a prova do concurso para o INSS?

Prova objetiva

A prova para selecionar os futuros servidores públicos do INSS será realizada no dia 27 de novembro nas 97 gerências regionais do INSS. A duração do exame é de 3h30.

O candidato terá que se preparar para responder questões objetivas sobre conhecimentos básicos das disciplinas de Língua Portuguesa, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Noções de Informática e Raciocínio Lógico-Matemático, além de conhecimentos específicos sobre temas relacionados a benefícios previdenciários e legislação previdenciária.

O exame consiste em 120 questões, sendo 50 delas sobre conhecimentos básicos (P1) e 70 sobre conhecimentos específicos (P2). O candidato ganha um ponto ao acertar uma questão e perde um ponto ao responder de forma incorreta.

O candidato será considerado eliminado de forma automática se: obter nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos (P1); obter nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos (P2); obter nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Curso de formação 

Além da prova objetiva, os candidatos deverão participar de um curso de formação para a carreira no INSS. O curso será ministrado em turmas e está relacionado à ordem de classificação dos candidatos aprovados na primeira etapa do concurso. Assim, só os mais bem colocados na fase da prova objetiva serão selecionados para essa segunda etapa de formação.

Diferentemente da prova objetiva, que será aplicada em todas as gerências do em mais de 90 municípios, os cursos de formação serão realizadas em menos cidades: Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, João Pessoa/PB, Manaus/AM, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP.

Segundo as informações do edital, o curso de formação terá a carga horária de até 180 horas presenciais, em tempo integral, com atividades que poderão ser desenvolvidas nos turnos diurno e noturno.

Vale dizer que o o candidato matriculado no curso receberá auxílio financeiro correspondente a 50% do salário do cargo, o que corresponde a cerca de R$ 2,9 mil. Ao fim do curso, os candidatos ainda terão outra prova objetiva, composta de 120 questões, e uma prova discursiva, com duas questões, sobre todo o conteúdo ministrado durante o curso.

Para determinar os aprovados finais para as mil vagas, o INSS obterá uma média final de cada candidato. O resultado final será a soma das notas na prova objetiva da primeira fase com a nota das duas provas realizadas após o curso de formação.

Como se inscrever no concurso público do INSS?

Para se inscrever no concurso público do INSS, o candidato deve cumprir alguns requisitos fundamentais para o cargo, são eles:

  • Possuir nacionalidade brasileira;
  • Ter mais de 18 anos
  • Não possuir pendências com obrigações militares, no caso de candidatos do sexo masculino;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), concluído até a data da posse

As inscrições para a prova abrem, oficialmente, nesta sexta-feira, 16. Os candidatos devem realizar a inscrição através página oficial do concurso no site da Cebraspe. A taxa de participação do concurso é de R$ 85. Entretanto, é possível realizar um pedido de isenção no pagamento da taxa de inscrição. O período de inscrições vai até o dia 3 de outubro.

Veja também:

ManpowerGroup está 300 vagas de emprego em Santa Catarina para nível fundamental

DM está com vagas de estágio com possibilidade de home office; salário é de R$ 1,8 mil