Inside Sales: conheça os cargos em alta e com salários de até R$ 25 mil

Os salários-base dos vendedores do setor de tecnologia estão em alta e tiveram aumento de 22% em 2022
Crescimento: além do salário fixo, comissões e metas podem alavancar a remuneração (Klaus Vedfelt/Getty Images)
Crescimento: além do salário fixo, comissões e metas podem alavancar a remuneração (Klaus Vedfelt/Getty Images)
Por Luísa GranatoPublicado em 02/04/2022 09:00 | Última atualização em 02/04/2022 12:35Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Não são só os desenvolvedores que estão em alta no setor de tecnologia: segundo a pesquisa Inside Sales Benchmark Brasil 2022, a remuneração dos vendedores de software e outros produtos digitais teve um aumento de 22% em 2022.

Garanta o seu lugar entre as melhores do Brasil, entre no Ranking Negócios em Expansão 2022

Segundo Gustavo Salles, CEO da SalesHunter, vender produtos complexos, como softwares (SaaS), é cada vez mais difícil e o mercado precisa cada vez mais de um perfil de bons negociadores.

“A competitividade entre os produtos aumenta de forma exponencial. Nesse contexto, mostrar o diferencial de cada solução é um grande desafio”, diz Salles.

A empresa, especializada na contratação de profissionais para empresas como Byju’s, Endeavor Brasil, Pipefy, Deel e Contabilizei, realizou a pesquisa junto com a startup Meetime e ouviu mais de 1.370 empresas.

Assim como acontece com desenvolvedores, o mercado tem uma falta de profissionais para preencher as vagas de vendas. Segundo o CEO, é necessário entender a fundo os produtos para ter sucesso e há uma busca por talentos brasileiros por empresas estrangeiras.

“Algumas grandes companhias de fora oferecem pagamentos em dólares. Muitos funcionários passam de remunerações de 2k reais para 2k dólares. Essas vagas exigem competências específicas, como o domínio do inglês, mas já atraem muitos trabalhadores”, diz.

No levantamento, as empresas analisaram as vagas e salários-base pelo Brasil. Segundo a pesquisa, os valores variam de acordo com a função do vendedor, experiência, qualificação e o tipo de empresa.

Como os profissionais normalmente trabalham com metas de vendas, uma parte da remuneração é variável, com comissões e outros benefícios alavancando o valor acima do fixo observado na oferta das vagas.

Os valores também podem variar de acordo com a região do país, com os salários mais altos se concentrando no Sudeste e os menores no Nordeste.

Confira os salários de quatro cargos em alta na área

SDR - Sales Development Representative

Salário: média mais alta de R$ 2.900, segundo levantamento da Meetime (sudeste do Brasil). Valores podem variar de R$ 2.000 até R$ 10.000 (para empresas internacionais que pagam em moedas como dólar). A remuneração variável pode ser de 30 a 50% do salário.

O que faz: o SDR ou "representante de desenvolvimento de negócios" é, segundo pesquisa oficial do Linkedin, o 5º profissional mais buscado em 2022. Esse profissional é o responsável por qualificar, gerar e desenvolver novos negócios para empresas B2B. Em empresas internacionais, os profissionais precisam falar inglês ou espanhol fluentemente.

Inside Sales Closer

Salário: média salárial de R$ 4.300 (sudeste do Brasil). Os valores pagos variam entre R$ 3.000 até R$ 8.000. Com as metas de vendas, o salário pode até triplicar com as comissões.

O que faz: este perfil de vendedor trabalha fechando vendas através de vídeo-chamadas que são agendadas pelo pré-vendedor. Perfil feito para operações organizadas (com playbooks maduros), com preços baixos e vendas rápidas, esse profissional precisa vender quase “todo dia”, recebendo leads de SDRs.

Executivo de Vendas - SaaS (ou Software as a Service)

Salário: valores ficam entre R$ 7.000 até R$ 20.000. As comissões são mais agressivas aqui, sendo em muitas empresas o cargo mais bem remunerado para os que têm performance acima da média.

O que faz: o Vendedor de Software é o executivo que realiza a venda de projetos complexos de forma consultiva. Tem 4 ou 5 anos de experiência ou mais, gerencia suas metas, domina técnicas de venda e tem carteira ou histórico de clientes. Geralmente atende clientes enterprise (empresas de grande porte), realiza o trabalho do funil de vendas de ponta a ponta (definição, prospecção, fechamento, implementação). É mais encontrado em empresas de produtos complexos como ERP, financeiro, contábil, jurídico, integrações, cloud, cyber segurança, BI, IoT, Big Data, ou produtos e serviços de altíssimo valor agregado.

Head de Inside Sales

Salário: de R$ 10.000 até R$ 25.000. Em muitos casos, tem opções de compra de ações no longo prazo (stock options ou vesting).

O que faz: esse é um profissional bastante atualizado no mercado, pois precisa dominar ferramentas, processos modernos, estudar conteúdos nacionais e internacionais e ter perfil "builder" ou construtor - é responsável por estruturar a máquina de vendas internas. Tem pelo menos 3 anos de experiência, com track record comprovado em montar uma equipe de Inside Sales. Consegue levantar dados e traçar planos de ação. Implementa seu "stack' de vendas e é capaz de criar cultura de equipe, traçar estratégia e aumentar receita, medindo KPIs, contratando e desenvolvendo equipes.

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.