• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,52 1.72
  • ABCB4 R$ 16,65 0.79
  • ABEV3 R$ 14,21 1.21
  • AERI3 R$ 3,75 5.04
  • AESB3 R$ 10,92 0.74
  • AGRO3 R$ 31,36 0.58
  • ALPA4 R$ 22,15 4.04
  • ALSO3 R$ 18,85 -0.79
  • ALUP11 R$ 26,51 -2.07
  • AMAR3 R$ 2,58 1.57
  • AMBP3 R$ 32,48 4.47
  • AMER3 R$ 21,50 -1.78
  • AMZO34 R$ 3,43 5.09
  • ANIM3 R$ 5,66 3.47
  • ARZZ3 R$ 81,38 2.42
  • ASAI3 R$ 16,30 3.69
  • AZUL4 R$ 20,95 4.38
  • B3SA3 R$ 12,43 4.37
  • BBAS3 R$ 37,45 -0.32
Abra sua conta no BTG

IBM pede desculpas por demitir funcionária transgênero, há 52 anos

Discriminação aconteceu com a engenheira de computação Lynn Conway, hoje com 82 anos
Pedido de desculpas reforça compromisso da empresa contra discriminação (Reuters/Sergio Perez)
Pedido de desculpas reforça compromisso da empresa contra discriminação (Reuters/Sergio Perez)
Por Karina SouzaPublicado em 21/11/2020 21:15 | Última atualização em 21/11/2020 21:15Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Em 1968, a engenheira de computação Lynn Conway trabalhava na IBM. Com uma carreira considerada promissora, ela anunciou ao seu supervisor que planejava fazer a transição de gênero em breve --- como continuação de um tratamento que havia começado em 1950 --- e não sofreu nenhuma retaliação imediata dele. Contudo, a história chegou aos ouvidos do presidente da companhia à época, Thomas J. Watson Jr., que teve um atitude intolerante: demitiu a funcionária naquele ano.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor

Apesar do nome dela não ser tão popular, Conway é um nome de peso dentro do setor de tecnologia. A ela é creditada uma invenção capaz de acelerar a velocidade de praticamente todos os microprocessadores utilizados atualmente. Em 1985, tornou-se professora na Universidade de Michigan e, em 1989, foi nomeada para a Academia Nacional de Engenharia dos Estados Unidos.

De acordo com informações da revista Forbes, cinquenta e dois anos após a demissão, a ex-funcionária recebeu um pedido de desculpas formal da empresa a respeito do ocorrido, em uma reunião virtual. Mais de mil funcionários acompanharam a transmissão, que contou com a entrega de um prêmio para Conway, a respeito de suas desobertas e sua contribuição para a empresa.

“Em vez de ser apenas uma resolução do que havia acontecido em 1968, tornou-se uma celebração de grupo sincera de quão longe todos nós chegamos desde então”, disse Conway à revista.

Hoje, a IBM promove iniciativas de inclusão de pessoas trans no ambiente de trabalho --- como o auxílio em forma de terapia e cursos contínuos de diversidade no ambiente de trabalho. Este ano, a companhia anunciou que deixará de desenvolver tecnologia de reconhecimento facial, em uma medida contra o racismo e a vigilância extrema.