Carreira

“Por que você foi demitido?”: O que responder na entrevista de emprego

Um ponto importante é evitar falar mal do emprego anterior e também mostrar que você está pronto para novos desafios

Na entrevista, destaque suas realizações e seus pontos fortes (foto/Thinkstock)

Na entrevista, destaque suas realizações e seus pontos fortes (foto/Thinkstock)

Publicado em 26 de junho de 2024 às 09h45.

Em uma entrevista de emprego, a pergunta “Por que você foi demitido?” pode ser um momento delicado, mas também é uma oportunidade para demonstrar honestidade, resiliência e capacidade de aprendizado. Responder de forma eficaz a essa pergunta pode transformar uma situação potencialmente negativa em um ponto a seu favor. A seguir, apresentamos estratégias para elaborar uma resposta que impressione os entrevistadores.

1. Seja honesto e transparente

A honestidade é fundamental ao responder por que você foi demitido. Tentar esconder ou distorcer a verdade pode ser facilmente descoberto e prejudicar suas chances de conseguir o emprego. Explique a situação de maneira clara e direta, sem se alongar em detalhes desnecessários.

Exemplo de Resposta: “Fui demitido da minha posição anterior devido a uma reestruturação na empresa que resultou na eliminação de várias posições, incluindo a minha. Embora tenha sido uma experiência difícil, aproveitei a oportunidade para reavaliar minhas metas de carreira e desenvolver novas habilidades.”

2. Mostre o que aprendeu com a experiência

Demonstrar que você aprendeu algo valioso com a experiência da demissão pode virar o jogo a seu favor. Os recrutadores apreciam candidatos que conseguem transformar desafios em oportunidades de crescimento.

Exemplo de Resposta: “Ser demitido me ensinou a importância de ser mais proativo na comunicação e no alinhamento com os objetivos da empresa. Desde então, participei de cursos de desenvolvimento profissional que me ajudaram a aprimorar minhas habilidades de comunicação e gestão de projetos.”

3. Foque nas realizações e pontos fortes

Redirecione a conversa para suas realizações e pontos fortes. É importante que você destaque as contribuições positivas que fez na sua posição anterior e como suas habilidades podem beneficiar o novo empregador.

Exemplo de Resposta: “Durante meu tempo na empresa anterior, consegui aumentar a eficiência da equipe em 20% ao implementar novas ferramentas de gestão de projetos. Estou ansioso para trazer essa experiência e contribuir de maneira significativa para sua equipe.”

4. Evite falar mal do empregador anterior

Manter um tom profissional e evitar falar negativamente sobre o empregador anterior é crucial. Criticar antigos empregadores pode deixar uma impressão negativa e levantar dúvidas sobre sua atitude e profissionalismo.

Exemplo de Resposta: “Embora a decisão de me demitir tenha sido difícil para ambos os lados, compreendo que foi necessária para a empresa naquele momento. Tenho grande respeito pela equipe e pela organização e sou grato pelas oportunidades de aprendizado que tive lá.”

5. Mostre que está preparado para novos desafios

Demonstrar que você está pronto e motivado para novos desafios pode reforçar sua imagem positiva. Sempre é importante mostrar entusiasmo pelo futuro e pelas novas oportunidades que a posição oferece.

Exemplo de Resposta: “Estou empolgado com a possibilidade de trabalhar na [Nome da Empresa] porque acredito que minhas habilidades em [habilidade específica] se alinham bem com suas necessidades atuais. Estou motivado para aplicar minhas experiências anteriores e contribuir para o sucesso da equipe.”

Responder à pergunta “Por que você foi demitido?” de forma eficaz envolve honestidade, aprendizado e foco no futuro. Usando essas estratégias, você pode transformar uma situação potencialmente negativa em uma oportunidade para mostrar seu crescimento e preparo para novos desafios.

Acompanhe tudo sobre:entrevistas-de-empregoDicas de carreiraGuia de Carreira

Mais de Carreira

Por que o processo de contratação está mais difícil do que nunca?

7 frases que você deve evitar se quiser ter sucesso em um negócio franquado

Últimas vagas: pré-MBA em finanças corporativas começa nesta 2ª feira; veja como assistir

Veja 6 estratégias essenciais para empreender no Brasil, segundo o treinador Bernardinho

Mais na Exame