Carreira

EXAME dá bolsa integral para estudar Ciência de Dados e IA; inscreva-se no processo seletivo

Para participar do processo é preciso ser brasileiro nato ou naturalizado, possuir certificado de conclusão do Ensino Médio e nota mínima de 550 nas últimas três edições do Enem

A graduação tem duração de dois anos e em formato híbrido, com aulas presenciais uma vez por semana na sede da Faculdade EXAME (foto/Thinkstock)

A graduação tem duração de dois anos e em formato híbrido, com aulas presenciais uma vez por semana na sede da Faculdade EXAME (foto/Thinkstock)

Guilherme Santiago
Guilherme Santiago

Content Writer

Publicado em 2 de julho de 2024 às 15h21.

Última atualização em 4 de julho de 2024 às 18h06.

Coletar, analisar e interpretar grandes volumes de dados estão entre as principais funções e responsabilidades de um Cientista de Dados. São eles que fornecem insights relevantes para orientar as empresas nas tomadas de decisões estratégicas. Não à toa, esse é um profissional extremamente valioso para as organizações. E, para quem deseja seguir nessa carreira, há boas notícias.

A Faculdade EXAME, instituição de ensino com nota máxima no MEC, está com processo seletivo aberto para conceder bolsa 100% integral aos interessados em sua nova formação superior: a graduação em Ciência de Dados e Inteligência Artificial. Essa oportunidade pode ser a chave para se destacar em um mercado promissor e construir uma carreira de sucesso.

Para participar da seleção, é preciso preencher alguns requisitos: 

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado;
  • Possuir certificado de conclusão do Ensino Médio;
  • E ter nota mínima de 550 nas últimas três edições do Enem (2021, 2022 ou 2023).

O único custo relacionado ao programa será o da taxa de inscrição, no valor de R$ 40,00, que deverá ser pago no momento do cadastro inicial.

Preenche os requisitos e quer tentar uma bolsa integral? As inscrições estão abertas até 14/7 e podem ser realizadas clicando aqui. Não perca essa chance!

Fique atento às etapas do processo seletivo

  1. 1. Até 14/07/2024: inscrições;
  2. 2. Em 15/07/2024: divulgação do ranking Enem;
  3. 3. Até 21/07/2024: comprovação documental;
  4. 4. Em 24/07/2024: ranking após a comprovação documental;
  5. 5. De 29/07/2024 a 01/08/2024: entrevistas;
  6. 6. Em 05/08/2024: divulgação dos aprovados;
  7. 7. De 05/08/2024 a 11/08/2024: matrículas;
  8. 8. Em 16/08/2024: início das aulas.

Conheça a graduação da Faculdade EXAME

Com duração de dois anos, a graduação em Ciência de Dados e Inteligência Artificial é a oportunidade perfeita para quem deseja combinar conhecimentos na áreas de dados com habilidades em inteligência artificial. Com presença e pontuação necessária para a aprovação, os estudantes receberão um diploma reconhecido pelo MEC ao final da formação.

Seu currículo foi desenhado para atender às demandas atuais do mercado e para preparar profissionais para os desafios e oportunidades que estão moldando o futuro da tecnologia. Por isso, a graduação está dividida em quatro semestres, cada um com cinco disciplinas e carga horária de 80 horas. Veja, abaixo, os principais temas abordados em cada semestre.

  • Fundamentos de Gestão e Tecnologia
  • Fundamentos Matemáticos e Programação
  • Engenharia de Software e Dados
  • Inteligência Artificial e Machine Learning

São os últimos momentos: processo seletivo seleciona nova turma para estudar Ciência de Dados e Inteligência Artificial com bolsa 100% integral; inscreva-se aqui

FAQ: Conheça a área de Ciência de Dados e IA 

O que é Ciência de Dados?

Ciência de Dados é um campo de estudo que combina estatística, matemática e ciência da computação. Profissionais qualificados nesse ramo são capazes de extrair insights a partir de grandes volumes de dados por meio de técnicas que ajudam na tomada de decisões estratégicas.

O que é Inteligência Artificial?

Inteligência Artificial refere-se ao desenvolvimento de sistemas e algoritmos que permitem que máquinas realizem tarefas que antes era possível apenas para a inteligência humana, como reconhecimento de padrões, tomada de decisões e aprendizado.

Qual é a diferença entre Ciência de Dados e IA? 

Embora interligadas, a Ciência de Dados está relacionada com a análise e interpretação de dados, enquanto a IA se concentra na criação de sistemas que podem realizar tarefas que normalmente requerem inteligência humana. No entanto, o conhecimento combinado das duas áreas torna um profissional imbatível no mercado de trabalho.

Qual o salário de um Cientista de Dados?

A remuneração pode variar conforme o nível de experiência, a localização geográfica da vaga e o setor de atuação da empresa contratante. No entanto, segundo o Glassdoor, os salários ficam entre R$ 10 mil, podendo chegar a R$ 18 mil em posições seniores.

Quais as habilidades necessárias?

Conhecimentos de programação, estatística, aprendizado de máquina, manipulação de grandes volumes de dados podem ser exigidas em algumas posições. Além disso, habilidades de comunicação são essenciais para esses profissionais, que precisam saber como traduzir resultados técnicos em insights aplicáveis.

Quais são as perspectivas de carreira?

Cientistas de dados, em especial aqueles com habilidades em IA, têm se destacado como um dos profissionais mais cobiçados e bem remunerados do mercado. “Espera-se que o emprego de analistas e cientistas de dados, especialistas em big data, especialistas em aprendizado de máquina de IA e profissionais de segurança cibernética cresça, em média, 30% até 2027”, diz o relatório The Future of Jobs do Fórum Econômico Mundial.

Torne-se especialista em Ciência de Dados e IA: participe do processo seletivo da Faculdade EXAME 

* Este conteúdo é apresentado por Faculdade EXAME

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Carreira

De estilista a presidente: os 4 passos para alcançar o sucesso, segundo a CEO do Grupo Malwee

Arteris investe em educação corporativa para lidar com desafios de diversidade geracional

Com salários de até R$ 96 mil, veja 12 profissões em alta no mercado para quem gosta de números

5 profissões para quem quer trabalhar com estatística

Mais na Exame