Carreira

Estudantes brasileiros representam País em Olimpíada Internacional de Economia na Grécia

Cinco alunos foram selecionados para etapa mundial, em julho, após serem classificados na fase final da Olimpíada Brasileira sediada pelo BTG Pactual e Inteli

Renato Santos, Gabriel Perera, Mirella Wunderlich (representando Renato Timoteo Wanderley), Vitor Alexandre Camargo, Pedro Porto, Raphael Zimmermann (presidente da Obecon), Leonardo Zanetti, Lucas Rivelli, Luiz Filipe Peres, Nicolas Goulart, Luiza Rigolizzo e Sara Delfim. na sede do BTG Pactual, em São Paulo: O Brasil é o único país com três vitórias e segue na busca do tetracampeonato em 2023 na Olimpíada Mundial de Economia (Divulgação/Divulgação)

Renato Santos, Gabriel Perera, Mirella Wunderlich (representando Renato Timoteo Wanderley), Vitor Alexandre Camargo, Pedro Porto, Raphael Zimmermann (presidente da Obecon), Leonardo Zanetti, Lucas Rivelli, Luiz Filipe Peres, Nicolas Goulart, Luiza Rigolizzo e Sara Delfim. na sede do BTG Pactual, em São Paulo: O Brasil é o único país com três vitórias e segue na busca do tetracampeonato em 2023 na Olimpíada Mundial de Economia (Divulgação/Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 13 de junho de 2023 às 12h43.

Um dos eventos mais relevantes do mundo nas Ciências Econômicas, a Olímpiada Internacional de Economia — International Economics Olympiad, ou IEO — será realizada em 2023 entre os dias 24 de julho e 2 de agosto em Volos, na Grécia.

O Brasil terá cinco representantes na competição. São eles:

  • Leonardo Zanetti Souza
  • Lucas Monteiro Rivelli
  • Luiz Filipe Perez Mendes
  • Pedro Porto de Carvalho Nunes
  • Renato Timoteo Wanderley

Luiz Filipe e Renato são os primeiros egressos do ensino médio em escola pública a fazer parte da delegação brasileira desde a primeira edição da OBECON, em 2018.

Como foi a seleção dos representantes

Eles foram escolhidos entre 45 finalistas durante a fase final da Olimpíada Brasileira de Economia (OBECON), competição nacional que promove a educação financeira entre jovens alunos de todo Brasil e classifica os melhores talentos para a IEO, sediada pelo BTG Pactual (BPAC11, do mesmo grupo de controle da EXAME), e pelo Instituto de Tecnologia e Liderança (Inteli), primeira faculdade orientada a projetos do Brasil.

A etapa final do evento nacional foi ao longo de quatro dias, de 01 a 04 de junho, em São Paulo.

Nela, os finalistas da OBECON receberam um business case para resolver em grupos. As propostas foram avaliadas por uma banca de especialistas e cada participante recebeu uma nota individual com base em sua performance.

Este ano, 48% dos inscritos foram mulheres e 30% fizeram ensino médio em escola pública.

O evento também teve workshops e apresentações, divididos em cinco painéis, que contaram com a presença de Tiago Berriel, estrategista-chefe da BTG Asset, e Renato Santos, head da área de FICC.

"Como grandes incentivadores das olimpíadas de conhecimento, acreditamos que competições como essas têm papel importante para engajar os jovens no mercado profissional, além de contribuir para o desenvolvimento do país", afirma Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual.

O que caiu na prova de seleção dos representantes

Em 2019, o BTG apoiou a delegação brasileira que tirou o primeiro lugar na final mundial da 2ª edição da IEO, na Rússia.

Em 2022, o banco renovou a parceria para todo o evento, com o time de estudantes alcançando o segundo lugar na competição que aconteceu na China.

O Brasil é o único país com três vitórias e segue na busca do tetracampeonato em 2023.

A OBECON, que seleciona os participantes da edição internacional, é realizada em três etapas.

Depois de superar uma fase online em que demonstram seus conhecimentos gerais, os classificados fazem uma prova escrita com questões objetivas e dissertativas, também a distância.

As questões envolvem:

  • Microeconomia
  • Macroeconomia
  • Finanças
  • Economia Comportamental
  • História Econômica
  • Atualidades e Negócios

"Somos o país mais premiado do mundo na etapa Internacional. Temos muito orgulho do que temos construído na OBECON, seja em termos de impacto como também os resultados que temos conquistado", afirma Raphael Zimmermann, fundador da Olimpíada Brasileira de Economia.

Quem são os finalistas

Luiz Filipe Perez Mendes, 18 anos

Nascido no Rio, estudou no Cefet/RJ, colégio público federal durante o ensino médio. Hoje está cursando o primeiro semestre de Economia na FGV/EPGE, com bolsa integral de 100%. Participou duas vezes da olimpíada até conquistar a vaga na delegação que irá para Grécia.

Pedro Porto de Carvalho Nunes, 18 anos

Nascido em Goiás, começou a se interessar por olimpíadas científicas no fim do ensino fundamental, ao participar de competições de matemática, astronomia e física.

Leonardo Zanetti Souza, 18 anos

Nascido em São Paulo, está no primeiro semestre do curso de Economia da FGV-EESP e tem interesse em atuar após se formar tanto no setor privado quanto no governo. Participou da olimpíada pela primeira vez em 2021, conquistando a medalha de bronze. Foi intensificando seus conhecimentos até este ano alcançar a primeira colocação na competição local.

Renato Timoteo Wanderley, 18 anos

Nascido em Recife, está no último ano do Colégio Militar do Recife, que pertence à rede pública federal. Já participou anteriormente da OBECON e pretende cursar faculdade de Economia no próximo ano.

Lucas Monteiro Rivelli, 17 anos

Nascido em Varginha (MG), está cursando o 3° ano do ensino médio na cidade de São José dos Campos-SP. É o integrante mais novo a fazer parte da delegação que irá para a Grécia. Sonha em trabalhar no mercado financeiro e, ao participar da OBECON, acredita ter conseguido adquirir conhecimentos e experiências que considera cruciais para sua trajetória profissional.

Acompanhe tudo sobre:BTG Pactual

Mais de Carreira

Sua caixa de entrada é uma bagunça? Veja 3 dicas para organizar seu e-mail

7 profissões para quem gosta de tecnologia

Fim das folgas na semana? Não para essa empresa que criou um feriado por mês até o fim do ano

3 frases que você deve evitar ao falar em público

Mais na Exame