• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Esta startup quer revolucionar a gestão de cultura nas empresas

Após receber aporte de 10 milhões de reais, a Comunica.In esperar crescer quatro vezes em 2022 e se tornar a primeira CultureTech do mundo
Felipe Hotz, CEO do Comunica.in: (Divulgação/Comunica.in/Bernardo Coelho)
Felipe Hotz, CEO do Comunica.in: (Divulgação/Comunica.in/Bernardo Coelho)
Por Luísa GranatoPublicado em 01/04/2022 08:00 | Última atualização em 01/04/2022 11:01Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Qual a ligação entre comunicação e a cultura das empresas? Para Felipe Hotz, CEO e Co-fundador da Comunica.in, uma boa comunicação com os funcionários é o primeiro estágio para uma cultura mais humanizada.

Garanta o seu lugar entre as melhores do Brasil, entre no Ranking Negócios em Expansão 2022

O executivo fundou a empresa em 2018 para resolver duas dores que via no dia a dia das empresas em relação a comunicação com os funcionários: a falta de alcance das informações e a dificuldade para obter dados.

“O grande foco era resolver um problema muito grande de comunicação. Em empresas grandes, como a Bayer, que é nossa cliente, o desafio é ainda maior, com pessoas em fábricas, na rua e nos escritórios, como garantir que as informações chegam para todos?”, diz.

Além da plataforma para gerenciar a comunicação, a empresa também oferece um aplicativo que concentra outros serviços de RH e pode manter todos os funcionários conectados no mesmo hub.

E a empresa cresceu: em 2021, eles fecharam o ano com 52 clientes e agora já têm a previsão de alcançar 120 clientes. Até o final do ano, a meta é impactar 500 mil funcionários dessas empresas.

Com a pandemia e novos modelos de trabalho surgindo, as soluções que a empresa oferece os colocaram na linha de frente para resgatar a relação das empresas com seus funcionários.

E em dezembro de 2021, eles receberam a rodada seed de investimento de R$10 milhões, liderada pelo Valor Capital Group, seguido dos fundos Norte Capital e Honey Island Capital.

O CEO conta que a expectativa é acelerar as inovações dentro da empresa e ir além da categoria de HRtech, se posicionando como a primeira CultureTech do mercado.

“Não oferecemos uma ferramenta ao RH e queremos colocar isso em evidência. A nossa solução é uma metodologia acompanhada de tecnologia. A gente não entrega só o peixe, mas ajuda a trilhar o caminho”, afirma.

Respondendo à questão inicial da matéria: Hotz fala que a comunicação é um meio para um fim. E ele completa que o fim é manter a cultura em constante evolução, pois ela relacionada às relações dentro da organização.

Assim, eles criaram um sistema de níveis de conexão para a gestão de cultura, ajudando com o diagnóstico das empresas para oferecer a melhor solução.

Imaginando uma pirâmide, o nível de baixo, o primeiro de todos, é o de comunicação. A base de toda relação, explica o CEO, é ter uma boa comunicação.

Depois, o segundo nível é o de escuta. A ideia é ter um processo estruturado e constante de contato com a opinião dos empregados. “Se você está sempre escutando, está sempre entendendo as pessoas e a relação se torna bilateral”, diz.

E o nível final é o encantamento. A ideia é que, uma vez que é possível conhecer tão bem o funcionário, é possível criar momento únicos e significativos de conexão com a empresa.

“É igual quando você recebe um presente, que pode ser simples, mas você ama e percebe que a pessoa te conhece demais, por isso aquilo tem valor”, afirma.

Com o investimento, a expectativa é que eles cresçam quatro vezes em receita e equipe neste ano. O CEO conta que o plano para os próximos três anos é uma consolidação na América Latina e, em cinco anos, levar a solução para o mundo inteiro.

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.