Empresa chamou o Einstein para ter escritório super seguro. Veja as fotos

Sem tocar em nada e com checagem de sintomas na entrada: confira as medidas de segurança contra o coronavírus no escritório modelo

Será que é realmente seguro voltar agora para o escritório? Com o constante aumento de casos de coronavírus, os funcionários da Unigel tinham razão em se preocupar com a notícia de que a empresa retomaria as atividades presenciais.

Mas, após verem como estava o escritório, a hesitação diminuiu. Para garantir a segurança de todos, a Unigel chamou o Hospital Albert Einstein para implementar todas as medidas possíveis contra a disseminação do coronavírus.

“Nosso intuito é uma retomada gradual, mas em um ambiente extremamente seguro. Nós temos três pilares para isso: protocolos de saúde, investimento em infraestrutura e treinamento e readequação de rotinas”, conta Murilo Cruz Garcia, diretor Jurídico e de RH da Unigel.

Se antes da quarentena a companhia do setor de petroquímica não tinha uma política de home office, a mudança repentina ensinou-os a se adaptar a novas formas de trabalhar. E, segundo o diretor, ainda com grandes ganhos de produtividade.

Para o novo momento, as equipes foram divididas em um revezamento semanal para diminuir o volume de gente no escritório. E a carga horário foi reduzida para 6h, evitando que as pessoas precisem fazer uma refeição no meio do expediente. Após o período, eles podem terminar o expediente em casa.

Assim, além de intercalar lugares ocupados no escritório, eles eliminam a possível contaminação em restaurantes na hora do almoço.

E não foram todos que voltaram imediamente: funcionários com carro próprio puderam voltar e quem depende de transporte público fica em casa, ou recebe um subsídio para pegar um táxi ou Uber. Aqueles no grupo de risco ou com crianças em casa também puderam permanecer em home office.

Dessa forma, de 108 funcionários, o escritório recebe aproximadamente 40 pessoas em cada semana.

Em três semanas, a empresa ajustou diversos pontos de infraestrutura para receber as pessoas. Porém, antes de voltar todos precisaram passar por um treinamento de segurança. “Fizemos um guia de retomada com mais de 20 páginas sobre como eles devem se comportar no dia a dia”, fala o diretor.

Confira as medidas de segurança da Unigel:

Chegando no escritório

O objetivo é que os funcionários não tenham que tocar em nenhuma superfície. Latas de lixo e torneiras foram trocadas para serem acionadas automaticamente. Sensores de biometria que exigiam contato foram substituídos também.

Assim que a pessoa chega, a empresa contratou um enfermeiro que oferece uma nova máscara na entrada e direciona o colaborador para uma triagem, com medição de temperatura e declaração de sintomas. Se há uma suspeita, a pessoa é dispensada e encaminhada para fazer o teste de covid-19.

Kit de Higienização da Unigel

Kit de Higienização da Unigel (Unigel/Divulgação)

Unigel: Álcool em gel com alavanca acionada com os pés

Unigel: Álcool em gel com alavanca acionada com os pés (Unigel/Divulgação)

Proteção física

No escritório, todos devem permanecer de máscara e trocá-la a cada três horas. O material é distribuído a todos. A companhia também instalou purificadores de ar iguais aos usados no Hospital Albert Einstein.

Os funcionários intercalam as mesas que se sentam, com mais de 2 metros de distância. Para manter a separação, foram instaladas chapas acrílicas, um produto que a empresa havia parado de fabricar e retomou sua produção por causa da pandemia.

Recepção da Unigel com nova chapa acrílica

Recepção da Unigel com nova chapa acrílica (Unigel/Divulgação)

As novas divisórias de acrílico da Unigel

As novas divisórias de acrílico da Unigel (Unigel/Divulgação)

Unigel: Mesas alternadas e separadas por divisórias Unigel: Mesas alternadas e separadas por divisórias

Unigel: Mesas alternadas e separadas por divisórias (Unigel/Divulgação)

Purificadores de ar no escritório da Unigel, iguais aos usados em hospitais

Purificadores de ar no escritório da Unigel, iguais aos usados em hospitais (Unigel/Divulgação)

Limpeza profunda

Com equipe especializada e usando os mesmo produtos químicos que o hospital, a rotina de limpeza profunda é diária.

Equipe especializada de limpeza no escritório da Unigel Equipe especializada de limpeza no escritório da Unigel

Equipe especializada de limpeza no escritório da Unigel (Unigel/Divulgação)

Unigel: Limpeza de cadeiras para segurança dos funcionários

Unigel: Limpeza de cadeiras para segurança dos funcionários (Unigel/Divulgação)

Limpeza do escritório da Unigel com produtos usados no hospital Limpeza do escritório da Unigel com produtos usados no hospital

Limpeza do escritório da Unigel com produtos usados no hospital (Unigel/Divulgação)

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Plano mensal Revista Digital

Plano mensal Revista Digital + Impressa

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

R$ 15,90/mês

R$ 44,90/mês

Plano mensal Revista Digital

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

ASSINE

Plano mensal Revista Digital + Impressa

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças + Edição impressa quinzenal com frete grátis.

ASSINE