Carreira

É mais barato estudar nos EUA ou no Canadá?

Países são opções populares entre intercambistas, mas valores podem influenciar na decisão; conheça custos e condições

Por Da Redação
Publicado em 30/09/2022 17:00
Última atualização em 30/09/2022 17:12

Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O Canadá e os Estados Unidos estão entre as cinco principais opções de destino para estudantes internacionais — ambos os países abrigam universidades renomadas e cidades imponentes. Porém, embora os dois lugares ofereçam muitas coisas em comum, eles estão longe de serem iguais, especialmente quando se trata de quanto vai custar um intercâmbio em cada um.

Sendo assim, em qual deles é mais barato estudar? E nesse caso, o que torna o custo mais baixo? Levantamos algumas informações a respeito dos valores em quatro aspectos principais. Vale ressaltar, no entanto, que o que você escolhe estudar e em qual cidade você mora também tem uma enorme diferença no quanto acaba pagando.

Qual país é mais barato para estudantes internacionais?

Taxas de inscrição

Tanto nos EUA quanto no Canadá, espera-se que os estudantes internacionais paguem uma taxa de inscrição ao se candidatar a uma vaga em uma universidade. Embora essas taxas possam parecer baixas, elas podem acabar pesando no bolso, já que você pode precisar fazer inscrições em mais de uma instituição.

Nos EUA, a taxa média de inscrição é de US$ 45, mas algumas universidades cobram até US$ 100 (entre R$ 240 e R$ 540 na cotação atual). No Canadá, os valores variam de CA$ 30 a mais de CA$ 200 (R$ 120–R$790).

Felizmente, algumas universidades e faculdades não cobram nada, oferecendo isenção de taxas de inscrição sob condições especiais. É importante notar, no entanto, que a maioria dessas isenções não é automática e você deve verificar com cada instituição de ensino se pode solicitá-las.

Mensalidades ou anuidades

O valor que você paga nas mensalidades (ou anuidades, que é o caso da maioria das instituições americanas) depende de qual parte do país você está. Se você comparar Nova York a Nova Jersey, ou Ontário a Nova Escócia, haverá uma diferença óbvia no preço das taxas.

Em média, os valores anuais do ano 2019-2020 mostraram que as taxas das universidades do Canadá custam 58% menos do que as cobradas nas universidades dos EUA. Isso equivale a uma diferença de US$ 4 mil (cerca de R$ 21,5 mil).

O Canadá também é generoso quando se trata de ajuda financeira e bolsas de estudo. Embora esse tipo de auxílio também seja comum e amplamente disponível nos EUA, garantir uma ajuda financeira tende a ser mais difícil para um estudante internacional no país de Joe Biden.

Assistência médica

Os estudantes internacionais nos EUA e no Canadá precisam providenciar um seguro de saúde durante todo o período de estudo. No Canadá, os intercambistas podem optar por planos de saúde provinciais ou são obrigados a pagar por planos de saúde privados. Embora o custo varie de provedor para provedor, o valor médio anual estimado varia de CA$ 600 a CA$ 900 (cerca de R$ 2,3 mil a R$ 3,5 mil).

Nos EUA, os estudantes internacionais com os vistos J1 e F1 têm requisitos de seguro saúde separados para cumprir. Ao contrário dos portadores de visto J1, que precisam cumprir vários requisitos, os portadores de visto F1 terão de seguir com o seguro médico oferecido por suas respectivas instituições de ensino. Um plano anual no país pode custar entre US$ 500 e US$ 1 mil (R$ 2,7 mil–R$ 5,4 mil), em média.


Veja Também