Carreira

Como se tornar um cientista de dados? Veja o que faz, salário e como ingressar na carreira

Cientistas de dados especializados em IA estão entre os cargos com maior potencial de crescimento para os próximos anos; veja como cursar uma graduação na área com bolsa integral

Faculdade EXAME oferece bolsa integral para tecnólogo em Ciência de Dados e Inteligência Artificial

Faculdade EXAME oferece bolsa integral para tecnólogo em Ciência de Dados e Inteligência Artificial

Guilherme Santiago
Guilherme Santiago

Content Writer

Publicado em 18 de junho de 2024 às 05h50.

Cientistas de dados, em especial aqueles com habilidades em inteligência artificial, têm se destacado como um dos profissionais mais cobiçados e bem remunerados do mercado. E essa afirmação vai além de um "achismo". Para o Fórum Econômico Mundial, é uma tendência expressa em números.

“Espera-se que o emprego de analistas e cientistas de dados, especialistas em big data, especialistas em aprendizado de máquina de IA e profissionais de segurança cibernética cresça, em média, 30% até 2027”, diz o relatório The Future of Jobs, que listou 50 profissões emergentes para os próximos anos.

No entanto, ainda que em pleno crescimento, o setor de dados e IA pode gerar algumas dúvidas: o que faz um profissional nesse ramo? Quanto ganha? E como se tornar um? Veja respostas para as dúvidas mais frequentes.

Faculdade EXAME oferece bolsa integral para tecnólogo em Ciência de Dados e Inteligência Artificial; veja como participar do processo seletivo

O que faz um Cientista de Dados?

Coletar, analisar e interpretar grandes volumes de dados estão entre as principais funções e responsabilidades de um cientista de dados. Mas vai além. Esse profissional também precisa ser capaz de orientar tomadas de decisões mais estratégicas e fornecer insights relevantes. É uma função de valor crucial para as empresas e, por isso, a boa interpretação dos dados é fundamental.

Além disso, a popularização da inteligência artificial (dentro e fora dos espaços corporativos) trouxe outras atribuições para os cientistas de dados. Cada vez mais, esse profissional também precisa saber aplicar fundamentos de IA em suas tarefas cotidianas. Para a criação de modelos preditivos, por exemplo, dominar essa nova tecnologia pode ser um facilitador para prever tendências.

Quanto ganha um Cientista de Dados?

É difícil cravar quanto ganha um cientista de dados. A remuneração pode variar conforme o nível de experiência, a localização geográfica da vaga e o setor de atuação da empresa contratante. No entanto, segundo o Glassdoor, os salários ficam entre R$ 10 mil, podendo chegar a R$ 18 mil em posições seniores.

Bolsa integral: processo seletivo seleciona nova turma para estudar Ciência de Dados e Inteligência Artificial gratuitamente; inscreva-se aqui

Mas os benefícios para profissionais desse setor vão além do salário. É possível encontrar posições remotas que dão a chance de trabalhar em qualquer lugar do mundo. Muitas também permitem flexibilidade de horários para que o profissional escolha em qual período do dia deseja desempenhar suas funções.

Como se tornar um Cientista de Dados?

O melhor caminho para ingressar nesse mercado é por meio de uma educação formal na área. Por meio desse tipo de capacitação, profissionais podem desenvolver as habilidades técnicas e comportamentais necessárias para atuar com qualidade e assertividade nesse setor.

Além disso, instituições que oferecem formações técnicas e são certificadas pelo MEC precisam manter seus currículos atualizados. E isso vale ouro na hora de buscar por vagas no mercado. Um profissional formado em Ciência de Dados, por exemplo, mas que domina a inteligência artificial e sabe aplicar seus fundamentos, é muito mais valioso para as empresas.

Estude Ciência de Dados e IA com bolsa integral

De olho nas demandas do mercado e reforçando seu compromisso com a democratização do acesso à educação, a Faculdade EXAME, instituição de Ensino Superior nota 5 no MEC, acaba de anunciar o lançamento do curso tecnólogo em Ciência de Dados e Inteligência Artificial. E outra boa notícia é que haverá bolsa integral para os aprovados no processo seletivo.

Torne-se especialista em Ciência de Dados e IA: Faculdade EXAME oferece bolsa integral para graduação na área; veja requisitos do processo seletivo

O curso tem duração total de dois anos e será oferecido em formato híbrido. As aulas presenciais acontecerão uma vez por semana, sempre às sextas-feiras, na sede da Faculdade EXAME, onde os alunos terão acesso a toda infraestrutura exigida pelo MEC – computadores, internet, biblioteca e salas de estudo.

Veja o que o curso tecnólogo em Ciência de Dados e Inteligência Artificial vai ensinar:
  • Fundamentos de Gestão e Tecnologia
  • Fundamentos Matemáticos e Programação
  • Engenharia de Software e Dados
  • Inteligência Artificial e Machine Learning

Os únicos requisitos para participar do processo são ser brasileiro (nato ou naturalizado), possuir certificado de conclusão do Ensino Médio e nota mínima de 550 no Enem de 2021, 2022 ou 2023. Faça sua inscrição no processo seletivo aqui.

* Este conteúdo é apresentado por Faculdade EXAME

Acompanhe tudo sobre:branded marketing

Mais de Carreira

O segredo do executivo brasileiro que prosperou como CEO e fez história nas Paralimpíadas de Inverno

A nova era do marketing? 98% das empresas já apostam nesta estratégia para impulsionar resultados

Salário mínimo 2024: saiba o valor atual e dos anos anteriores

Por que enviar um e-mail de agradecimento após a entrevista de emprego é importante? 

Mais na Exame