A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Carlos Ghosn recebe US$ 12 milhões como presidente da Nissan

O salário anual faz de Ghosn um dos executivos mais bem pagos do Japão

Tóquio, Japão - O presidente da montadora japonesa Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, anunciou nesta quarta-feira que recebeu 982 milhões de ienes (12,1 milhões de dólares) de salário no ano fiscal 2010-2011, o que faz dele um dos executivos mais bem pagos do Japão.

Ghosn divulgou a informação durante a assembleia geral anual de acionistas.

O valor em ienes, que aumentou 10% em comparação com o período anterior, diz respeito apenas às remunerações recebidas durante o exercício de 1º de abril de 2010 a 31 de março de 2011 como presidente da Nissan, e não inclui o salário do executivo como presidente da montadora francesa Renault.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também