Cansado de trabalhar só para pagar as contas? Carreira com propósito é nova aposta de multinacionais

Salários equivalentes aos da área de tecnologia, sem exigir formação prévia e com um senso de propósito maior do que em qualquer outra carreira; conheça o profissional que virou alvo das multinacionais.
 (./Divulgação)
(./Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 27/10/2022 às 14:08.

Se manter em um emprego sem gostar dele (ou muitas vezes até o odiando) apenas pela necessidade de pagar as contas faz parte da realidade da maioria dos brasileiros. Segundo pesquisa do Survey Monkey de 2021, 36,52% dos entrevistados estão infelizes com o emprego e 64,24% gostariam de fazer algo diferente.

Nesse contexto, aquelas áreas que conseguem oferecer mais benefícios, melhores remunerações, ambientes de trabalho agradáveis e progressão de carreira acabam se destacando e virando alvo dos candidatos. É o caso do setor de tecnologia, que remunera, aproximadamente, 3,5x a média salarial nacional e contratou mais de 200 mil funcionários no ano de 2021.

No entanto, um outro setor menos popular - e consequentemente menos concorrido - oferece benefícios muito semelhantes às do setor de tecnologia, com remunerações atrativas e oportunidades para profissionais de qualquer área. Estamos falando da área que não sai da boca de governantes e CEO’s e que já se tornou prioridade para 95% das empresas: o ESG.

Multinacionais buscam profissional para fazê-las lucrarem de forma sustentável. Benefícios: altos salários e trabalho com propósito. Saiba como concorrer às vagas, aqui.

O que é ESG e por que as empresas estão em busca de profissionais especializados?

Movimentando um mercado de US$ 35 trilhões no mundo, o ESG (sigla para Environmental, Social and Governance) corresponde às práticas ambientais, sociais e de governança de uma organização. O que antes fazia parte apenas da pauta de ativistas e engajados em sustentabilidade, agora se tornou prioridade para as empresas.

Aderir aos padrões ESG garante que uma companhia tenha maior responsabilidade social, diminua seus custos, seja vista com bons olhos pelos stakeholders (clientes, fornecedores, funcionários) e se torne mais resiliente frente a incertezas.  

Por ser formado por 3 pilares, o ESG abrange desde questões sociais (direito do trabalhador, diversidade, impacto do negócio na comunidade) e questões de governança (transparência, gestão de risco, ética), até questões ambientais (emissão de gases efeito estufa, gestão de resíduos).

No entanto, você pode estar se perguntando: alguém realmente liga para isso?

E apesar de “meio ambiente” ter sido um assunto exclusivo de ativistas por um bom tempo, hoje o cenário já está bem diferente. ESG já se tornou pauta de fóruns e reuniões importantíssimas e tem se tornado o foco de grandes corporações em todo o mundo.

Descubra como migrar para uma das carreiras que mais crescem atualmente — e que tem levado profissionais a cargos de gestão em empresas e instituições financeiras milionárias

Prioridade para as maiores companhias do mundo

Natura, Ambev, Totvs e Nubank são apenas algumas das instituições que estão de olho nas práticas ESG. O motivo? Elas não têm mais outra opção. Hoje, para se tornar competitiva, uma empresa deve, obrigatoriamente, se tornar ESG.

Esse é o motivo pelo qual empresas como a Natura, por exemplo, doam milhões de dólares para ajudar mulheres vítimas de violência doméstica, ou, como o Itaú e o Bradesco, tocam projetos milionários de proteção à Amazônia e consomem apenas fontes renováveis de energia.

Aquelas que optam por nadar contra a corrente e não dar atenção a essas diretrizes acabam experimentando o sabor amargo da queda no faturamento, do aumento de processos trabalhistas e da piora da reputação frente aos acionistas.

É por isso que, nos últimos anos, a demanda por profissionais especializados em ESG deu um salto exponencial. Para fugir do “fala, mas não faz”, grandes empresas têm apostado no especialista ESG para colocar em prática as diretrizes da sigla.

O que faz e quanto recebe um Especialista ESG?

O Especialista ESG é responsável por encontrar soluções para tornar as empresas mais sustentáveis e diminuir os seus impactos negativos sobre o meio ambiente e a sociedade. Na prática, ele identificará os problemas, criará soluções e as colocará em prática dentro das companhias.

O profissional ESG tem entre suas tarefas de rotina:

  • Desenvolver uma visão estratégica para viabilizar projetos de sustentabilidade.
  • Monitorar indicadores de desempenho de sustentabilidade;
  • Propor estratégias para minimizar os impactos da cadeia produtiva do negócio 
  • Treinar os colaboradores visando a conscientização em relação ao tema.

Conhecida por ser uma carreira ideal para aqueles que buscam fazer uma transição no mercado de trabalho, ela é totalmente possível para profissionais de qualquer área de atuação, como advogados, engenheiros, psicólogos e comunicadores, por exemplo.

Aliás, em uma época em que remuneração e planos de carreira não são mais os únicos aspectos considerados ao buscar um emprego, o senso de propósito oferecido pela área ESG tem sido um grande atrativo para os candidatos.

Deixe de caçar emprego para se tornar o alvo dos recrutadores. Clique aqui e descubra como iniciar uma transição de carreira para trabalhar com ESG.

A boa notícia para os interessados é que existe mais procura por estes profissionais do que pessoas capacitadas para assumir essas vagas. As empresas sabem que está mais difícil atrair e manter profissionais qualificados e, por isso, os funcionários têm mais poder de barganha quando o assunto é benefícios e remuneração.

“É o futuro, sem dúvidas”

Por ser um setor ainda em ascensão no mercado de trabalho e poucos profissionais terem especialização na área, quem decidir se tornar especialista ESG poderá fazer uma transição de carreira sutil. “Ainda é embrionário, restrito a um seleto grupo de grandes empresas. Mas é o futuro, sem dúvidas”, comenta Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul. 

Dê os primeiros passos rumo a sua carreira ESG

De olho na oportunidade de encontrar vagas de trabalho com propósito, além de conquistar altos cargos e salários, a EXAME Academy, braço educacional da EXAME, promoverá uma Masterclass gratuita introdutória sobre o mercado ESG. 

A Masterclass será uma aula gratuita ao vivo, no dia 8 de novembro, às 19h30, como introdução ao MBA em ESG do Ibmec em parceria com a EXAME. Nela, você vai descobrir como construir uma carreira na área e poderá esclarecer as suas principais dúvidas diretamente com Renata Faber, Diretora de ESG da EXAME com mais de 20 anos de experiência no mercado.

Se, ao final da masterclass, você tiver interesse em se qualificar e dar início a sua carreira ESG com o MBA do Ibmec, terá acesso a uma oportunidade com condição especial da Black Friday.

Para participar da masterclass, os interessados devem se inscrever gratuitamente aqui, ou no botão abaixo:

QUERO PARTICIPAR DA MASTERCLASS INTRODUTÓRIA SOBRE ESG