A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Apetite por risco define o diretor-geral do PayPal no Brasil

Fernando Pantaleão sempre gostou de projetos desafiadores, como montar o call center da Redecard, nos anos 1990, levar a Natura para os Estados Unidos em plena crise e agora tornar o PayPal conhecido no Brasil

São Paulo- O engenheiro de produção carioca Fernando Pantaleão, de 46 anos, é um profissional entusiasmado. Fala com o mesmo ânimo do time do coração, o Botafogo, e do negócio que acaba de assumir, o PayPal.

Criado em 1998, nos Estados Unidos, por Peter Thiel e Max Levchin, o site de pagamento e transferência de dinheiro online logo se tornou uma empresa admirada por empreendedores de peso, como Bill Gates (Microsoft), Rupert Murdoch (News Corp) e Mark Zuckerberg (Facebook).

No Brasil, a marca PayPal ainda é pouco conhecida, embora o serviço tenha 5 milhões de clientes. "Aqui vai ser um sucesso", diz Fernando, que ocupa a posição de diretor-geral para o Brasil há menos de um mês. A seguir, ele conta um pouco mais de sua trajetória.  

"Desde que me formei em engenharia, em 1991, escolhi trabalhar com marketing. Gosto de estar na ponta, me relacionando com o cliente. 

Passei por nove empresas em 22 anos de carreira. Trabalhei no Banco Nacional, na J. Macêdo, na Brahma, na Redecard, na Natura, no Unibanco, no Itaú, no HSBC e, agora, na PayPal. Busquei companhias inovadoras e ousadas. Não gosto de mesmice. 

Para me diferenciar, sempre arrisquei. Quando fui para a Redecard, em 1997, o presidente queria montar o call center. Era uma operação que pouca gente no Brasil conhecia. Eu disse que faria o serviço sem ajuda de consultoria. Deu certo e me tornei vice-presidente de produtos e relacionamento. 

Minha maior decepção foi a internacionalização da Natura nos Estados Unidos não ter acontecido. Fui para lá, com esposa e dois filhos, em 2007, montei escritório, começamos a contratar. No mesmo ano, veio a crise e tivemos de vender tudo e voltar. Foi frustrante.

Brilho nos olhos é tudo. Se você não está feliz, tem de achar outra coisa. "

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também