Ambev muda plataforma de aprendizado e investe no formato Netflix

Os conteúdos serão integrados e acessíveis, com legendas e tradução em Libras. No futuro, também estarão disponíveis para o público externo

A Ambev anunciou nesta quarta-feira, 9, o lançamento de uma nova versão de sua universidade corporativa. O recurso de treinamentos, que existe desde 1995, deixa de ser a Universidade Ambev e passa a se chamar Ambev On.

Segundo Renato Biava, diretor de gente da companhia e um dos responsáveis pelo projeto, a novidade não é apenas uma mudança de marca, mas representa uma nova página na cultura da cervejaria.

“É mais profundo que a estética. Sentíamos falta de tecnologia, de colaboração e estratégia. Pensando nisso, o grande foco para construir a nova plataforma foi ter um senso de colaboração maior, além de criar um ecossistema que trabalhe melhor com o público interno e externo”, comenta ele.

O diretor também explica que esse lançamento já estava planejado antes da pandemia. “Com muitos em home office, se tornou até uma válvula legal para aproveitar o momento para se desenvolver”.

Na parte de tecnologia, a plataforma será mais moderna usando o formato de cardápio de conteúdo semelhante à Netflix. A prioridade era trazer uma experiência de usuário diferenciada para impulsionar o aprendizado contínuo entre os funcionários.

A companhia reforçou em evento interno o novo direcionamento priorizando o aprendizado contínuo, uma das habilidades mais necessárias para o futuro do trabalho. “Sai a mentalidade de quem sabe tudo para aquela que aprende tudo. E é preciso muita humildade para isso”, fala Biava.

Os funcionários terão autonomia para guiar sua jornada de educação e para buscar informações de qualquer área.

Os algoritmos da plataforma darão sugestões de acordo com cargos e conteúdos buscados. Uma novidade também será a adição de legenda e tradução em Libras, tornando as trilhas acessíveis a todo o público da Ambev.

De olho no público mais jovem e com cargos iniciantes, a companhia vai adaptar conteúdos para o Instagram, com pílulas de conhecimento lançadas na rede. O TikTok também poderá ser uma opção para educação.

No futuro, a Ambev também planeja expandir esse ecossistema para que se conecte com o mundo fora da empresa, como universidades e outras organizações.

“O Ambev On é uma mudança estrutural da maneira como a empresa enxerga a aprendizagem. Os processos que a gente já possuía para gerenciar talentos, como a mentoria, serão redesenhados para os novos conceitos. Isso terá um reflexo profundo em todos os produtos que envolvem pessoas”, afirma Biava.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.