A lição de recrutamento de Jeff Bezos com a 1ª vaga da Amazon

Segundo especialistas de recrutamento, a descrição da vaga dá sinais do sucesso do negócio e ainda esconde uma lição para empreendedores

“Startup bem capitalizada procura desenvolvedores C/C++/Unix extremamente talentosos para ajudar comércio pioneiro na internet”. Você sentiu vontade de trabalhar nessa empresa? Pois é assim que começa a descrição da primeira vaga da Amazon, publicada por Jeff Bezos em 1994.

Nesta semana, o fundador da Amazon anunciou que seu ciclo no comando da empresa chegou ao fim após 27 anos de empresa. Agora, ele vai ocupar o cargo de presidente executivo do conselho de administração. Em seu lugar, entra Andy Jassy, atual CEO da Amazon Web Services.

Em carta de despedida aos funcionários, Bezos recorda do início, quando a empresa nem ao menos tinha um nome. Foi nessa época que ele publicou a primeira vaga da Amazon.

“A pergunta que me faziam com mais frequência naquela época foi: ‘O que é a internet?’ Felizmente, não tenho de explicar isso há muito tempo. Hoje, empregamos 1,3 milhão de pessoas talentosas e dedicadas, atendemos centenas de milhões de clientes e empresas e somos amplamente reconhecidos como uma das empresas mais bem-sucedidas do mundo”, escreveu ele.

O registro dessa primeira vaga foi publicado pelo bilionário em seu perfil do Instagram em 2019. Segundo especialistas de recrutamento, a descrição da vaga mostra sinais do sucesso futuro do negócio. E ainda esconde uma lição para os empreendedores.

Os requisitos da vaga eram:

  • Experiência na construção e design de sistemas grandes e complexos
  • Ter bacharel, pós-graduação ou PhD em Ciência da Computação ou um curso equivalente
  • Alta capacidade de comunicação é essencial
  • Desejável a familiaridade com servidores web e HTML

"É impressionante e visível como é trabalhar num projeto cuja a visão ampla do negócio é clara e transparente desde a concepção dele. O post de Jeff Bezos mostra exatamente isso; o quanto idealizar o negócio sem ele mesmo existir fisicamente é importante. Na cabeça de Bezos isso já estava consolidado”, comenta Leonardo Freitas, CEO da HAYMAN-WOODWARD, empresa especializada em mobilidade global e consultoria profissional.

Para João Marcio Souza, CEO da Talenses Executive, empresa do Talenses Group especializada em recrutamento C-Level, o anúncio de vaga é pioneiro e extremamente preciso sobre o perfil que Bezos desejava para o cargo.

“É curioso notar ainda como o brilhante Jeff Bezos enfatiza competências técnicas em tecnologia, mas também destaca aspectos ligados à personalidade e ao comportamento (Softskill) esperados dos profissionais que poderiam querer se juntar a ele no início da jornada. Portanto, para a época, pode ser considerada como uma forma inovadora de se recrutar”, fala ele.

E o CEO da HAYMAN-WOODWARD destaca uma lição muito importante para todos os empreendedores escondido em uma simples frase do anúncio. Bezos escreveu que queria alguém que consiga realizar o trabalho em “um terço do tempo que a pessoa mais competente acha possível”.

“Ele descreve a primeira vaga para um profissional de altíssima performance com requisitos essenciais para aquilo que viria pela frente. Isso demonstra a coragem e determinação para o sucesso do negócio em contratar alguém com uma capacidade talvez além do que o próprio Bezos tinha na época. Essa é uma enorme lição para nós empreendedores de não temer em contratar pessoas mais capazes que nós mesmos; pois o foco é o sucesso do projeto”, diz Freitas.

Segundo o CEO da Talenses Executive, ter um bom processo de recrutamento e seleção desde dia um é um fator determinante para o sucesso de uma empresa.

"Quer construir um negócio de sucesso? Então tenha orientação permanente para as melhores pessoas”, fala ele.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.