• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

58% dos brasileiros querem mudar para o trabalho híbrido ou remoto em 2022

Após a pandemia, 71% dos brasileiros disseram que priorizam o bem-estar ao trabalho, segundo pesquisa global da Microsoft
Trabalho na pandemia: desde março de 2020, o tempo de expediente em média aumentou cerca de 46 minutos. (Getty Images/Charday Penn)
Trabalho na pandemia: desde março de 2020, o tempo de expediente em média aumentou cerca de 46 minutos. (Getty Images/Charday Penn)
Por Luísa GranatoPublicado em 16/03/2022 10:00 | Última atualização em 17/03/2022 11:32Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A definição de quem trabalha presencial, híbrido ou remoto não será definitiva. É o que mostra a nova pesquisa da Microsoft sobre tendências no trabalho: no Brasil, 58% dos profissionais estão considerando mudar para o trabalho híbrido ou remoto ao longo do próximo ano.

Em todo o mundo, 57% dos trabalhadores remotos estão considerando migrar para o híbrido; e o mesmo ocorre com os trabalhadores híbridos, com 51% tendo vontade de mudar para o regime totalmente remoto.

Garanta o seu lugar entre as melhores do Brasil, entre no Ranking Negócios em Expansão 2022

O que a pesquisa de tendências do trabalho para 2022 da Microsoft descobriu é que as mudanças no mundo do trabalho estão longe de chegar ao fim. Com os dados de 31 mil pessoas em 31 países, o relatório mostra que no mundo tudo a visão dos profissionais sobre o trabalho mudou ao longo da pandemia.

Para 53% dos profissionais no mundo, a saúde e bem-estar se tornaram prioridades acima do trabalho. No Brasil, essa prioridade foi a maior entre os países do estudo e 71% declararam que a preocupação com o bem-estar é maior do que antes da pandemia.

As características mais importantes para os trabalhadores

  • 46% - Cultura positiva
  • 42% - Benefícios de saúde mental e bem-estar
  • 40% - Senso de propósito
  • 38% - Horário flexível

Além das preferências dos profissionais, um ponto de grande destaque na pesquisa é o conflito de expectativas das lideranças e da equipe.

O relatório mostra que metade das lideranças disseram ter planos para a empresa voltar a ter trabalho totalmente presencial. Enquanto isso, mais da metade dos funcionários esperam migrar para o híbrido ou remoto em 2022.

Para quem aderiu ao trabalho híbrido, a pesquisa também aponta um dado importante sobre o retorno ao escritório: para 38% dos trabalhadores híbridos, o maior desafio é saber quando e porque ir ao local.

Entre os gerentes, apenas 28% deles fez algum tipo de acordo com seus times para criar um guia sobre a nova função do presencial.

Reuniões no mundo híbrido

Outro ponto de conflito é a realização de reuniões híbridas. 43% dos trabalhadores remotos dizem que não se sentem incluídos nesse tipo de reunião e somente 27% criaram um guia de etiqueta para remediar essa situação.

Mesmo com a flexibilidade, o relatório mostra que as reuniões são um problema, especialmente a mentalidade de que o trabalho digital significa estar sempre conectado.

A quantidades de horas extras e duração do expediente continuam aumentando, mesmo após o retorno ao escritório. Desde março de 2020, o tempo de expediente em média aumentou cerca de 46 minutos.

As horas extras e o trabalho no final de semana aumentaram 28% e 14%, respectivamente. No mesmo período, as reuniões saltaram, com um aumento de 150% por pessoa.

E um dado curioso: a configuração da semana de trabalho também está mudando. Os dados de uso do Microsoft Teams mostram que reuniões começaram a ser marcadas mais tarde na segunda e terminam mais cedo às sextas-feiras.

O horário de almoço está mais livre e o horário mais popular para as reuniões é no período das 9 até as 11 horas.

As cinco tendências urgentes para a liderança em 2022

  1. Profissionais possuem uma nossa equação de satisfação com o trabalho
  2. Gerentes estão pressionados entre as expectativas da liderança e dos funcionários
  3. O escritório precisa valer o deslocamento até o local
  4. Flexibilidade não pode significar estar sempre online
  5. Reconstruir o capital social é diferente no mundo híbrido

Dicas de carreira, vagas e muito mais

Você já conhece a newsletter da Exame Academy? Você assina e recebe na sua caixa de entrada as principais notícias da semana sobre carreira e educação, assim como dicas dos nossos jornalistas e especialistas.

Toda terça-feira, leia as notícias mais quentes sobre o mercado de trabalho e fique por dentro das oportunidades em destaque de vagas, estágio, trainee e cursos. Já às quintas-feiras, você ainda pode acompanhar análises aprofundadas e receber conteúdos gratuitos como vídeos, cursos e e-books para ficar por dentro das tendências em carreira no Brasil e no mundo.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.