A página inicial está de cara nova Experimentar close button

4 coisas para fazer depois de pedir demissão

Confira as dicas dos especialistas sobre como encarar o período entre o pedido de demissão e o último dia de trabalho

São Paulo – Entre o pedido de demissão e a saída de fato da empresa, quase sempre há alguns dias de percurso e reputação na companhia quase antiga. Em alguns casos, na prática, a sensação é de contagem regressiva. Em outros, de luto.

Em ambos e na teoria, os dias que sobram após o pedido de demissão devem ser encarados com seriedade como um tempo para fechar um ciclo. Mas como agir neste período? Especialistas consultadas por EXAME.com ensinam:

1 Negociar

Antes de abdicar de qualquer papel da sua função, converse antes com seu chefe e defina quais serão suas responsabilidades dali para frente – e isso inclui encontrar um substituto para seu cargo.

“Você precisa sentar com seu chefe e combinar quais são as expectativas. E, com base nisso, priorizar o que tem que ser feito e organizar as atividades que estão pendentes”, diz Mariá Giuliese, diretora executiva da Lens & Minarelli.

2 Cuidar de você

Fique atento também às suas emoções neste período. “O profissional começa a lidar com algumas perdas mais concretas e emocionais porque, aos poucos, ele começa a não fazer mais parte”, descreve Carmelina Nickel, consultora da LLH| DBM. “Aquelas reuniões nas quais esta pessoa era imprescindível, provavelmente, ela não será mais chamada”.

Por isso, neste processo, é essencial cuidar também de você e dos seus sentimentos. A arte do desapego começa nos minutos seguintes ao pedido de demissão. E encarar este processo com leveza é determinante para a sua reputação na empresa e, acredite, para a sua própria sanidade emocional.


Cuidado também para não aderir a um comportamento de “celebração” pela, digamos, “alforria”. “Uma alegria debochada por estar saindo da companhia é ruim porque dá a sensação de que se está abandonando o barco”, diz Carmelina.

3 Trabalhar

Agora, não vale focar apenas na contagem regressiva para o fim do ciclo e deixar o trabalho de fato para o segundo plano. “Enquanto a pessoa está no cargo, indepentente se vai sair ou não, a postura tem que ser de empregado. Ele tem que cumprir todas as obrigações”, afirma Valéria de Souza Telles, consultora da Contmatic Phoenix.

4 Ser intencional

Aproveite este período para fortalecer seus laços com os colegas mais próximos. Por isso, nada de enviar um e-mail coletivo ou padrão para quem realmente fez a diferença na sua rotina no tempo em que passou na companhia.

“Se há pessoas importantes na empresa, vá conversar pessoalmente com elas, ligue ou mande um e-mail personalizado se despedindo”, diz Carmelina. “É contraproducente receber um e-mail genérico, mesmo que de despedida”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também