Bússola

Um conteúdo Bússola

Toyota triplica receita com investimentos em anúncios no primeiro semestre

Estratégia desenvolvida em parceria entre David e Weach Group visa match entre customização e otimização

Toyota  (Artur Widak/Getty Images)

Toyota (Artur Widak/Getty Images)

B

Bússola

Publicado em 24 de agosto de 2022 às 17h15.

Por Bússola

Com problemas logísticos na cadeia produtiva e o alto custo dos combustíveis, além da retração global da economia em reflexo à pandemia, a produção e venda de carros seguiu em queda no primeiro semestre de 2022. Segundo dados da Anfavea, a associação dos fabricantes de veículos, foram licenciados 740 mil veículos até junho, o que representa redução de 17% frente ao mesmo período em 2021. Depois da crise ocasionada pela falta de semicondutores e componentes eletrônicos que atingiu o setor automotivo ano passado, as montadoras estão em busca de formas de equilibrar demanda e oferta de seus modelos.

Apesar dos ainda baixos estoques, a cadeia precisa se reencontrar de maneira minimamente saudável com seus consumidores – que foram afastados pelas concessionárias fechadas, depois pelas filas de espera causadas por falta de veículos a pronta entrega, seguido pela alta de 14% a 20% nos preços. Imersa neste cenário, a Toyota traçou estratégias para atingir seu público nos mais diversos canais, encontrando em campanhas de performance um caminho para triplicar seu faturamento nos modelos Yaris e Corolla.

Com o desafio de conseguir o maior número possível de pessoas interessadas, inicialmente nos modelos Toyota Corolla Cross e XEi, a fabricante buscou alternativas no mercado que trouxessem não só um grande volume, mas principalmente uma base qualificada de possíveis clientes. Foi assim que, junto com a David, surgiu a parceria com a Weach Group.

De acordo com Daniel Kaminitz, CEO da Weach Group, o segredo da campanha está nos criativos customizados e na otimização dos anúncios, orientados para expor os veículos Toyota nos melhores momentos para cada nicho de consumidor. “Criamos uma estratégia digital capaz de levar a mensagem apenas para os espaços e momentos em que o potencial cliente está suscetível a ser impactado, aumentando a chance de conversão em venda”, afirma ele. Além do salto na receita, outros indicadores de desempenho ilustram o sucesso da campanha: o ROAs (retorno por anúncio), por exemplo, apresentou um crescimento de mais de 10 vezes com relação ao primeiro mês da campanha.

Para Silvia Yamane, Gerente de Marketing da Toyota do Brasil, “Em um momento em que não só o mercado passou por mudanças, mas principalmente o consumidor com uma jornada muito mais baseada no ambiente digital, buscar alternativas estratégicas de como impactá-lo é a chave para melhorarmos nossa performance e, principalmente, garantir uma jornada mais customizada e assertiva.”

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Hugo Tadeu: Estamos no caminho certo com letramento digital?

Quer aprender mais sobre fundos de investimento? Aprenda com o Safra

Bússola & Cia: Auxílio Brasil e Pronampe terão impacto positivo no PIB

Acompanhe tudo sobre:CarrosInvestimentos de empresasToyota

Mais de Bússola

Bússola & Cia: casas de plástico são construídas por Airbnb, ONG e Fuplastic

Metade dos investidores compra criptomoedas com foco no longo prazo, mostra pesquisa da Binance

Gestão Sustentável: sigla ESG pode ficar no passado, mas tese continua a pautar o futuro

Quer investir em startups? Confira essas 5 dicas para encontrar o segmento certo para você

Mais na Exame