Um conteúdo Bússola

Sazonalidade: conheça os erros e os acertos na estratégia digital do varejo

Especialistas da Intellibrand e da Johnson & Johnson Consumer Health se unem para analisar a importância do conteúdo online para a conexão com os shoppers

Por Bússola
Publicado em 30/09/2022 14:50
Última atualização em 30/09/2022 15:27

Tempo de Leitura: 5 min de leitura

As datas sazonais são ótimas oportunidades para estreitar o relacionamento com os clientes no varejo. Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia do Cliente, Dia das Crianças, Black Friday e Natal são as datas comemorativas que mais movimentam os negócios.

Ações de relacionamento nesses períodos impulsionam o aumento de vendas, já que os indivíduos se sentem estimulados a comprar mais — seja para si, seja para presentear, seja para celebrar momentos especiais —, muito em função de descontos e condições especiais imperdíveis.

"As datas comemorativas sempre rendem boas oportunidades de negócio. É importante conhecer seu nicho e o tipo de produto ou serviço oferecido para mapear quais são as grandes datas do calendário do varejo que estão em sinergia com o seu público”, declara André Santa, head de novos negócios e marketing para América Latina na Intellibrand.

Uma das companhias que olham atentamente para essa estratégia é a Johnson & Johnson Consumer Health, divisão de consumo da maior e mais diversificada empresa de saúde do mundo que, por meio de suas marcas icônicas, tem como missão levar saúde integral a milhares de consumidores, em todas as fases de sua vida.

“Ao cuidarmos de nossos consumidores durante sua trajetória completa de vida, entendemos que a nossa comunicação tem o dever de ser constante, não apenas em certas ocasiões. Porém, é bastante assertivo utilizar momentos em que o varejo está aquecido, como datas específicas, para explorar diferentes canais com o objetivo de elevar a conexão e experiências com o público”, afirma Juliana Tanan, Head de connected commerce da Johnson & Johnson Consumer Health Brasil.

Essa conexão no universo multicanal é, inclusive, um dos principais desafios enfrentados pela indústria no mercado altamente competitivo e no cenário em que a atenção de cada pessoa é disputada a todo momento, em todo espaço. Então, para as marcas que estão em busca de ações para melhorar o relacionamento com o cliente, além da dica de impulsionar a comunicação com seus consumidores em datas importantes, os dois especialistas ouvidos listaram outras dicas.

Confira a seguir:

Relevância e transparência dos benefícios

Além de garantir que a comunicação de seu produto está sendo bem clara, é importante também consolidar conteúdos para que os clientes reconheçam a importância de seus produtos.

“É ir muito além do conteúdo básico. Algumas ações podem ser adotadas, como comunicação em uma landing page promocional otimizada e vídeos explicativos. Proporcione segurança ao cliente. Desperte seu desejo e garanta a melhor experiência de compra no online. A ideia de que benefícios bem descritos em texto e imagem passa propicia no imaginário do shopper a experiência real de vivenciar os benefícios que o produto oferece”, diz o executivo da Intellibrand.

Práticas de recompensas

É importante consolidar um relacionamento com o cliente para que ele sempre compre mais. Algumas práticas de recompensas são comuns no varejo, como: cupons, programa de pontos, ofertas personalizadas e cashback.

“O consumidor quer conteúdo relevante, entretenimento, quer um respiro no meio de tantas informações que recebe e acessa todos os dias a todo o momento. É sobre construir uma relação que vai levar, em algum — ou diversos momentos da jornada, à conversão, e não sobre a conversão em si”, declara a especialista da Johnson & Johnson Consumer Health Brasil.

Por outro lado, os especialistas listaram também alguns erros que você deve evitar cometer para que os seus resultados não sejam prejudicados no digital.

Não saber o KPI certo para o acompanhamento da sua campanha

Os indicadores de desempenho ou Key Performance Indicators (KPIs) são as métricas mais relevantes para analisar se uma estratégia está alcançando seus objetivos ou não.

O e-commerce é um aliado nas vendas, pela agilidade, praticidade, integração entre outros fatores. E quando se trata de campanhas de marketing é preciso definir o objetivo e acompanhar o andamento. Entretanto, por vezes, a indústria se preocupa apenas com a conversão.

‘‘É importante saber qual é o KPI certo para aquele momento da sua campanha. O e-commerce é sim um canal de conversão, mas ele é parte da jornada do consumidor. O e-commerce também constrói marca. Defina e equalize seus KPIs de forma a garantir sustentabilidade na presença da sua marca e não apenas na venda pontual”, afirma Juliana Tanan.

Não otimizar os conteúdos

Quem possui um e-commerce sabe que vender no online é extremamente competitivo. Requer criatividade, atenção aos detalhes e oferecer todas as informações necessárias. Isso pode influenciar nas suas vendas.

‘’Títulos completos, descrições que despertam remotamente a sensação de uso ou de benefício daquele produto contribuirão para que o item apareça nas buscas dentre as principais opções e desperte atenção do seu consumidor’’ declara Santa.

Ainda de acordo com Juliana Tanan, é preciso investir em títulos e chamadas que aqueçam essa conversa. Nas palavras dela, pode parecer simples, mas pense: quantas vezes você comprou em um site algo que não tinha uma foto? Coloque-se no lugar do shopper para não deixar passar seus anseios.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Bullla capta R$ 106,5 milhões para estruturar FIDC e financiar transações

Encantar o cliente é a arte de superar expectativas, com cuidado e empatia

Você sabe o que são franquias home based? Veja como investir


Veja Também