Bússola
Acompanhe:
Um conteúdo Bússola

Qual é o melhor período do ano para troca de contador?

Entenda a importância de uma gestão contábil eficiente

Avalie e acompanhe sempre a gestão contábil da sua empresa (cacaroot/Thinkstock)

Avalie e acompanhe sempre a gestão contábil da sua empresa (cacaroot/Thinkstock)

B
Bússola

11 de janeiro de 2023, 16h00

Por Davi Gonçalves*

Embora seja do conhecimento de todos – que para uma empresa prosperar é necessário o bom funcionamento de sua contabilidade, ainda encontramos empreendimentos fechando suas portas por falta de direção contábil. Ao observar a situação de perto, percebemos que grande parte desses negócios não prosperam por falta de uma leitura assertiva do relatório enviado pelo contador – talvez, pela linguagem mais técnica. Além disso, há o fator “não-planejamento”, que pode resultar na escolha de um regime tributário mais custoso e pouco flexível.

Por isso, sempre bato na tecla: avalie e acompanhe a gestão contábil da sua empresa. Como estão seus índices? Qual o tempo de vida do seu caixa? Questões como estas indicaram se você está na direção certa. Para empreendedores que pensam em trocar de serviço contábil e reorganizar as contas, agora, entre dezembro e janeiro, é a melhor época para esta tomada de decisão - visto que o regime tributário só pode ser alterado até o fim do primeiro mês do ano.

Claro que este processo requer um planejamento prévio; primeiro para optar pela melhor conduta de transição, além de resgatar todas as informações compiladas nos últimos 12 meses pelo antigo contador. Neste sentido, a virada do ano facilita a tramitação de dados. Mas para ter uma gestão administrativa eficaz não basta trocar de contador, se o processo seguir com envio de relatórios e gráficos que você não sabe interpretar. É preciso revolucionar.

Como forma de combater a burocracia e auxiliar o empreendedor em sua estratégia, surge a contabilidade consultiva, em forma de pacote por assinatura. O contador consultivo é mais do que um profissional que cumpre obrigações contábeis rotineiras. Trata-se de um parceiro estratégico que auxilia no crescimento da empresa.

A contabilidade consultiva nasceu para mostrar que o contador pode fazer mais do que a parte burocrática, mais do que só o operacional. É de fato um parceiro dos negócios. Além de ler os números para o empreendedor, este profissional orienta financeiramente e estrategicamente o empresário.

Esse tipo de serviço auxilia na desmistificação das contas frente às obrigações tributárias. Ou seja, é uma aliada dos negócios. A ideia da contabilidade consultiva é lapidar esses dados, facilitando a leitura dos gráficos, indicadores e balancetes. A diferença entre os modelos tradicional, digital e consultivo é a forma de olhar para essas informações. O primeiro e o segundo olham o caixa, saldo bancário e como o dinheiro foi movimentado; este realmente é o principal patrimônio de uma empresa. No entanto, existem outros pontos a serem acompanhados de perto. O profissional consultivo consegue ver todos os processos e sintetizá-los, otimizando a gestão.

Por fim, a inteligência de dados combinada a prestação de serviço de profissionais contábeis qualificados criou um modelo para tomada de decisões assertivas. Para melhor entendimento, apresento um case que minha equipe trabalhou este ano. Após analisar o histórico administrativo de uma empresa que nos procurou, foi sugerido a mudança de enquadramento tributário; uma migração do Simples Nacional para o Lucro Real - sem deixar de cumprir 100% das obrigações com o governo. O resultado dessa mudança foi uma economia de R$ 1 milhão em impostos em 2022. Conseguiu entender a importância de uma gestão contábil eficiente?

 

*Davi Gonçalves é business architect e especialista contábil da BHub

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Em um mundo mais complexo, liderança precisa de foco e consciência

Quem Disse, Berenice? amplia linha de cosméticos com sabor de 7Belo

Bússola & Cia: Sebrae e eduK fecham parceria para geração de renda

Últimas Notícias

ver mais
Danilo Maeda: Descompassos e contradições
Bússola

Danilo Maeda: Descompassos e contradições

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
3 perguntas de ESG para Matheus Ganem, da Seedz
Bússola

3 perguntas de ESG para Matheus Ganem, da Seedz

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
O que o BBB ensina sobre responsabilidade financeira
Bússola

O que o BBB ensina sobre responsabilidade financeira

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Como o setor de TI auxilia na redução do impacto ambiental?
Bússola

Como o setor de TI auxilia na redução do impacto ambiental?

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
icon

Brands

ver mais

Uma palavra dos nossos parceiros

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais