Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Por Rodrigo Farah*

O fenômeno do Live Commerce está ganhando cada vez mais adeptos com rápida escalabilidade no varejo online. Apesar de não ser uma ideia nova, o conceito de vendas com transmissões ao vivo está sendo impulsionado globalmente com avanços de tecnologias, conteúdos engajadores e humanização da experiência das compras digitais. Esta nova onda das lives repleta de inovações tem o potencial de favorecer o comércio online em larga escala, além de construir e reforçar comunidades com a aproximação direta entre marcas, vendedores e consumidores.

Segundo a pesquisa "Social Commerce 3.0 – Tendências de consumo nas redes sociais”, recém-publicada pela Opinion Box, as vendas por meio de transmissões ao vivo estão em grande ascensão, com 28% dos brasileiros já adeptos às compras por este meio. Além disso, 54% dos entrevistados disseram ter mais explicações sobre o produto quando usam o Live Commerce.

Este é um grande diferencial da venda online e ao vivo: o consumidor consegue entender todos os detalhes de um item enquanto pesquisa, o que aumenta sua chance de comprar. Trata-se de uma experiência personalizada na qual o usuário consegue tirar suas dúvidas pelo chat e ser respondido diretamente pelo vendedor ou marca.

Um estudo recente da McKinsey aponta que a taxa de conversão em canais de Live Commerce pode ser até dez vezes mais alta se comparada ao modelo de e-commerce tradicional – principalmente tratando-se das audiências mais jovens.

Esta análise vai de encontro a performance de centenas de empresas e marcas brasileiras que praticam Live Commerce com frequência em marketplaces digitais. Empreendedores de estruturas distintas chegam a registrar aumento de mais de 500% no faturamento em um dia com transmissão ao vivo em relação a um dia normal sem lives. O incremento é semelhante no número de pessoas que visitam as páginas das marcas e vendedores, das mais diferentes categorias de produtos, como roupas, eletrônicos, cosméticos e até alimentos.

Entretenimento e engajamento

Outro fator proeminente do Live Commerce é o potencial de engajamento gigantesco deste formato. Em algumas plataformas, a taxa média de curtidas chega a passar de 35 para cada visualização de uma live de vendas. Ou seja, cada view de uma Live gera, pelo menos, 35 likes ao longo da transmissão. Este número é explicado por fatores como a alta interatividade entre consumidores e vendedores, features das ferramentas que permitem a liberação de cupons e outros benefícios econômicos, diversidade na apresentação de conteúdos dos vendedores, entre outros.

Este número também reforça a ideia de que a experiência positiva nas lives de vendas está ligada ao entretenimento. Sem um conteúdo relevante e sem um aplicativo com diversidade de ferramentas de engajamento, o apresentador pode ter dificuldades de se conectar com o público e ter perdas potenciais nas vendas. Isso tudo sem mencionar o crescimento de outras métricas digitais relevantes após a realização da live em si, como tempo de navegação no app ou loja virtual ou então pesquisa de outras categorias e produtos de interesse.

A combinação da venda de produtos ao vivo com conteúdos divertidos, atrelada a outros artifícios como ofertas, ações de engajamento e interações personalizadas diretas com o usuário são apenas alguns dos diferenciais da nova onda do Live Commerce. A propagação das vendas ao vivo tem o potencial de estabelecer conexões verdadeiras entre marcas e vendedores com o consumidor. O fenômeno das lives é uma grande oportunidade para aperfeiçoar as relações e o modelo de compras do varejo por meio da tecnologia.

*Rodrigo Farah é head das áreas de Brand e Live Commerce da Shopee

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

O que é netweaving, o networking 2.0

Número de produtos assinados por celebridades digitais cresce em 60% entre 2020 e 2022

Especialista traz 5 dicas essenciais para ter sucesso ao abrir uma franquia

Créditos

Últimas Notícias

ver mais
Por que potencializar a diversidade de gerações?
Bússola

Por que potencializar a diversidade de gerações?

Há 7 horas
Uso de dados: a pedra no sapato da indústria de entretenimento
Bússola

Uso de dados: a pedra no sapato da indústria de entretenimento

Há 8 horas
Anvisa aprova medicamento à base de canabidiol da Zion MedPharma
Bússola

Anvisa aprova medicamento à base de canabidiol da Zion MedPharma

Há 11 horas
Análise do Alon: A vontade de comer. E a fome
Bússola

Análise do Alon: A vontade de comer. E a fome

Há 11 horas
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais