Petistas ganham destaque nas redes com postagens sobre Dilma e Lula

Na Câmara, Andé Janones avançou no ranking FSBinfluênciaCongresso publicando sobre auxílio emergencial e vacinação contra covid-19

Em uma semana de boas notícias para o PT, o líder do partido no Senado, Paulo Rocha (PA), é um dos destaques no ranking FSBinfluênciaCongresso. Ele avançou 19 posições e chegou a 14º lugar no levantamento, que aponta os 15 senadores mais populares em redes sociais. Publicação sua sobre a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) de inocentar a ex-presidente Dilma Rousseff na compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras obteve 15 mil curtidas e 2,4 mil compartilhamentos no Twitter. Posts sobre o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que tornou o ex-presidente Luiz Inácio da Lula da Silva elegível também ajudaram a alavancar o petista entre os usuários do Twitter, do Facebook e do Instagram. O ranking é produzido pelo Instituto FSB Pesquisa.

A maré favorável de decisões aos ex-presidentes também ajudou Humberto Costa (PT-PE). Ele alcançou o 1º lugar após progredir duas colocações entre 13 e 19 de abril. O PT tem três integrantes entre os senadores mais influentes em redes sociais. Perde apenas para o Podemos, que garantiu cinco representantes na lista desta semana. Envolvido nas articulações para criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Eduardo Girão (Podemos-CE), é um dos nomes do partido que ganhou visibilidade online e chegou a 5º no levantamento.

Um dos recordistas em engajamento em redes sociais, Luiz do Carmo (MDB-GO) foi outro que ganhou espaço, atingindo o 9º lugar. O embate com Jorge Kajuru (Cidadania-GO) é um dos temas com mais interações. O senador não poupou críticas contra o colega devido a gravação de telefonema com o presidente Jair Bolsonaro em torno da CPI da Covid. Luiz do Carmo já apresentou quatro representações no Conselho de Ética contra Kajuru, outro nome influente no Twitter e no Facebook. Na semana passada, ele esteve em 1º na lista, mas perdeu uma posição e estacionou em 2º. 

Câmara

O apoio a uma nova rodada do auxílio emergencial e à vacinação contra a Covid-19 ajudaram o deputado André Janones (Avante-MG) a disparar 20 posições no ranking. Parlamentar atuante em redes sociais, ele voltou ao levantamento em 15º, após uma semana fora do grupo dos mais populares online. Post com a defesa do pagamento do benefício de R$ 600, por exemplo, rendeu 4,9 mil comentários e 1,4 mil compartilhamentos no Facebook. 

Em sentido contrário seguiu o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ), que perdeu sete colocações. Mesmo assim, ele garantiu o 18º lugar e manteve-se entre os 20 mais influentes da Câmara dos Deputados. O líder da Minoria na Casa, Marcelo Freixo (PSol-RJ), foi outro que amargou um recuo no período, mas ainda assegurou posição de destaque, em 10º, graças a publicações constantes e com alto engajamento em temas como doações de cestas básicas aos mais vulneráveis. 

Os nomes da Câmara com maior influência online continuam a ser os parlamentares do PSL, com destaque para Carla Zambelli (SP), campeã absoluta em 2021. Ela é seguida por Eduardo Bolsonaro (SP), em 2º, e pela presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Bia Kicis, em 3º – outros dois nomes que monopolizam o topo do levantamento. O PSL também é figurinha carimbada no ranking, com sete representantes. A distância é grande do segundo colocado, o PT com três parlamentares. O PSol, por sua vez, possui dois integrantes na lista.

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.