Um conteúdo Bússola

Peers Consulting fatura R$ 12,3 milhões e cresce 57% no primeiro trimestre

Consultoria que mais cresce no Brasil ganha espaço no mercado com expansão orgânica e sem recursos externos
 (Getty Images/Getty Images)
(Getty Images/Getty Images)
Por BússolaPublicado em 21/06/2022 11:30 | Última atualização em 21/06/2022 11:07Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Em um mercado dominado por marcas estrangeiras, a Peers Consulting, consultoria brasileira especializada em negócios e tecnologia, registrou faturamento de R$ 12,3 milhões no primeiro trimestre, um crescimento de 57% em relação ao mesmo período do ano passado. A meta para 2022, ano em que comemora dez anos de atuação, é atingir receita de R$ 82 milhões. Desde sua criação, a Peers tem acumulado evolução média de 45% ao ano. Só em 2021, o crescimento anual foi de 75%, fechando em R$ 61,8 milhões.

O crescimento financeiro veio acompanhado de novas contratações: a empresa saiu de 62 colaboradores em 2019 para 214 atualmente, um aumento de 245% nesse período. Grande contribuição para essa criação de vagas tem origem no programa de estágio, o CDPeers, que já contratou um total de 58 estagiários e este ano ampliou em patamar superior a 100% seu efetivo.

Segundo Pedro Ribeiro, sócio fundador da Peers, mesmo com os desafios causados pela pandemia, a consultoria conseguiu adequar seu escopo de trabalho ao ambiente virtual, potencializou e ampliou suas ofertas em tecnologia e contribuiu para que os seus clientes também adaptassem suas atuações. “A Peers cresceu porque intensificamos e ampliamos a atuação nesses últimos anos. A pandemia separou os serviços importantes dos necessários. Quando crescemos nesse período, mostramos que somos um parceiro necessário”, diz.

Com um portfólio de clientes como Grupo Boticário, C&A, Alpargatas, Quero Quero, Itaú Educação & Trabalho, entre outros, a Peers também tem destaque no aumento do Net Promoter Score (NPS), métrica utilizada para medir a satisfação dos clientes, com fechamento em 2021 em 95%, número superior em 15% aos concorrentes.

Segundo Vinicius Haikal, sócio da Peers, para este ano, a empresa pretende continuar crescendo, iniciar a incorporação de outras empresas, apresentar uma nova marca, ampliar o escritório em São Paulo e abrir uma filial em outro estado como sede e frente de tecnologia. Além disso, nos próximos dois anos, ainda planeja abrir outro escritório na região sudeste e um escritório em uma nova região.

“Estamos apresentando um desenvolvimento sólido, constante e em linha com as expectativas dos nossos colaboradores e clientes. Nosso objetivo é ser uma consultoria reconhecida, até 2023, por ser uma ferramenta de transformação e levar os clientes ao mais alto desempenho’’, declara Haikal.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

5G é a estrada que levará as pessoas e empresas para transformação digital Quer ser um hacker? Nova plataforma oferece ambiente gamificado e desafios

Metaverso: O futuro revolucionário precisa ser inclusivo e diverso