Bússola

Um conteúdo Bússola

Parceria eBay, B2GO e ApexBrasil apoia empresas no e-commerce internacional

Empresas receberão apoio para abrir loja virtual e atendimento personalizado em português para vender no exterior pelo eBay

Objetivo é facilitar a entrada de produtos brasileiros no mercado global (Ebay/Divulgação)

Objetivo é facilitar a entrada de produtos brasileiros no mercado global (Ebay/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 20 de abril de 2023 às 18h00.

Última atualização em 20 de abril de 2023 às 18h10.

Com o objetivo de promover e facilitar a entrada de produtos brasileiros no mercado global por meio do e-commerce, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), o marketplace eBay e seu parceiro no Brasil, a B2GO, lançam ações conjuntas voltadas para a ampliação de empresas brasileiras no mercado eletrônico internacional. O objetivo é preparar as empresas para operarem no e-commerce crossborder e facilitar o acesso dos produtos brasileiros a mais de 134 milhões de consumidores espalhados em 190 países.

O projeto coordenado entre a ApexBrasil, o eBay e B2GO (representante do eBay no Brasil) vai possibilitar o acesso ao treinamento online ministrado pela equipe profissional do eBay; soluções de parceiros terceirizados para upload de catálogo e sincronização de pedidos e inventário; três meses de assinatura de loja gratuita; descontos; aprendizagem sobre as melhores práticas e ferramentas; e assessoria individual por telefone ou e-mail para o negócio. Em 2023, serão oferecidas pelo menos três turmas para as empresas brasileiras selecionadas pela ApexBrasil. O primeiro webinar para preparar as empresas e a seleção da primeira turma deve ocorrer ainda em abril.

Para Raúl Bustamante, head de marketing e comunicações do vendedor, mercados emergentes globais do eBay, explorar e ter acesso a novos mercados no mundo e destinar parte da produção para os mercados externos traz ótimos retornos financeiros. Além disso, é possível driblar crises econômicas nacionais, aumentar as vendas, reduzir a carga tributária, estender a carteira de clientes, além de potencializar os lucros por meio do câmbio. “Quando a empresa começa a exportar, uma das vantagens é gerar uma renda maior. Outra grande vantagem é a independência trazida pelo acesso a novos mercados”, comenta o executivo. “No cenário atual do Brasil, buscar estabilidade vendendo para o exterior pode ser crucial para a sustentabilidade de uma empresa”, afirma Bustamante.

Foi pensando estrategicamente nesses desafios que o eBay selou primeiramente a parceria com a B2GO, que irá apoiar nos treinamentos. “O propósito da parceria entre eBay e B2GO é facilitar a internacionalização das empresas que desejam vender online pelo eBay”, diz Nils Strandberg, CEO do B2GO. “Com conteúdo e metodologia ágil de internacionalização, queremos acelerar o crescimento e desenvolvimento de habilidades que não são ensinadas pelas instituições tradicionais, além de oferecer todo suporte de venda online para os empreendedores”, afirma Nils.

A ApexBrasil deve atuar na sensibilização sobre a importância do e-commerce internacional e na seleção das empresas brasileiras com potencial para vender no marketplace. A colaboração entre a ApexBrasil, o eBay e a B2GO integra o Programa E-Xport da Agência, que promove os negócios das empresas brasileiras por meio da inserção no comércio eletrônico internacional e da melhoria da presença digital. O Programa reúne diversas iniciativas de capacitação, além de apoio na abertura de lojas digitais. A aceleração com o marketplace eBay e a B2GO é uma oportunidade para que pequenas e médias empresas de todas as regiões do Brasil possam acessar mercados internacionais.

E-commerce internacional

Nos últimos anos, o comércio eletrônico tornou-se uma parte indispensável do varejo global. À medida que o acesso e a adoção da internet aumentam rapidamente mundo afora, o número de pessoas que fazem compras online está cada vez maior. Em 2022, as vendas deste segmento no varejo foram estimadas em mais de US$ 5,7 trilhões em todo o mundo, apontam dados da Statista (2023). Nos registros do Relatório Global de Crescimento de Vendas de Comércio Eletrônico para 2021-2026, as vendas mundiais de comércio eletrônico devem totalizar US$ 6,3 trilhões em 2023, e espera-se que esse número continue crescendo nos próximos anos, provando que o comércio eletrônico está se tornando uma opção cada vez mais lucrativa para as empresas.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Marketplace ganha força em estratégias de performance e branding

Lucro & geração de caixa, gato e rato?

Dry Telecom quer 1 milhão de clientes e faturar R$ 40 milhões em 2023

Acompanhe tudo sobre:eBay

Mais de Bússola

Bússola Poder: o tribunal eleitoral do capitão

Open Finance é confiável? Cresce 33% número de brasileiros que aceitam compartilhar dados bancários

Saiba qual é o gasto de energia da geladeira mais econômica do mercado que acaba de ser lançada

Saiba em quais cidades é melhor contar com um carro alugado

Mais na Exame