Para Airbnb, julgamento do STJ não afeta aluguel em condomínios

Em nota, o Airbnb responde à publicação da coluna Bússola & Cia de hoje, sobre o decisão do STJ

O Airbnb diz que o julgamento de ontem, 20, no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ressaltou que a locação na plataforma é legal e não configura atividade hoteleira. Em nota, a companhia afirma ainda que a decisão não determina a proibição da atividade em condomínios de maneira geral. A nota do Airbnb é uma resposta a publicação da coluna Bússola & Cia de hoje.

Veja a íntegra da nota:

"O Airbnb afirma que os ministros do STJ destacaram que, no caso específico do julgamento, a conduta da proprietária do imóvel, que transformou sua casa em um hostel, não estimulada pela plataforma, descaracteriza a atividade da comunidade de anfitriões.

Além disso, os ministros ressaltaram que a locação via Airbnb é legal e não configura atividade hoteleira, e afirmaram que esta decisão não determina a proibição da atividade em condomínios de maneira geral."

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.