Bússola

Um conteúdo Bússola

Na Comgás, plano de expansão resulta na marca de 2,5 milhões de clientes

A companhia investe fortemente na expansão da sua rede de distribuição e na transformação digital da sua operação

Visita com diretores e convidados especiais para a ligação de um novo cliente do segmento industrial: a MWM (Comgás/Divulgação)

Visita com diretores e convidados especiais para a ligação de um novo cliente do segmento industrial: a MWM (Comgás/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 7 de novembro de 2023 às 07h00.

O plano de expansão da Comgás começa a demonstrar resultados consideráveis, garantindo à empresa de distribuição de gás natural a marca dos 2,5 milhões de clientes. A conquista foi registrada na sexta-feira, dia 27 de outubro, e é resultado do investimento em transformação digital e no alcance da rede de distribuição da empresa, que já conta com mais de 21 mil quilômetros de tubulações subterrâneas no estado de São Paulo.

A demanda global por gás natural deve crescer, em média, 1,6% ao ano entre 2022 e 2026, segundo a Agência Internacional de Energia (IEA). A última década contou com um crescimento  acelerado – 68% segundo o Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP)  –, mas entidades como a IEA preveem um avanço mais lento a partir de 2025, resultado da redução da demanda em mercados mais maduros. É possível que, no mesmo período, a capacidade de liquefação aumente em 25%, possibilitando o atendimento a uma parcela de leads que até então demonstra sensibilidade aos preços.

A fim de garantir competitividade no mercado, que tem potencial para atingir seu pico até o final da década, a Comgás investe na expansão da sua rede de distribuição, que atende a 95 municípios. Na área de concessão no Estado de São Paulo, onde a empresa atingiu a marca dos 2,5 milhões de clientes, a empresa opera com o objetivo de garantir a oferta aos segmentos industrial, comercial, residencial e automotivo, de viabilizar projetos de cogeração e disponibilizar gás para usinas de termogeração. 

Plano de Expansão com operação consciente

Os processos de construção e ampliação da rede de distribuição da Companhia são feitos com a utilização de métodos não destrutivos para implantar tubulações subterrâneas de gás natural encanado. O procedimento consiste na abertura de pequenas valas, pelas quais passam as ferramentas de perfuração, resultando em menores impactos e incômodos à população.

A cada etapa, as valas abertas são fechadas provisoriamente, a fim de não prejudicar o fluxo de pedestres e veículos. Além disso, é utilizada uma tinta à base de água, que, com o tempo, desaparecerá do asfalto. Após a conclusão dos serviços, é realizada a recomposição definitiva dentro do padrão da calçada ou via preexistente e todas as intervenções são discutidas e avaliadas com a Secretaria de Obras dos municípios.

Comemoração

Para comemorar essa conquista, a Companhia realizou uma visita com diretores e convidados especiais para a ligação de um novo cliente do segmento industrial: a MWM, uma subsidiária da Tupy, que, entre seus produtos e soluções, realiza a transformação veicular, substituindo os motores a diesel por novos motores movidos a gás natural e biometano.

“É com imensa alegria que comemoramos este marco de 2,5 milhões de clientes e não podemos deixar de destacar os avanços que a Comgás realiza para isso ser possível. Estamos sempre acompanhando a evolução tecnológica no relacionamento com os clientes e, com isso, avançando na transformação digital, na busca por um atendimento eficaz, seguro e confiável. Além de investir em novos processos, soluções e tecnologias, sempre considerando a melhor experiência do consumidor, para construir um relacionamento duradouro e impulsionar o nosso crescimento", pontua Cristiano Barbieri, diretor de Tecnologia, Inovação e Relacionamento com o Cliente da Comgás.

Vantagens competitivas do gás natural

A principal vantagem do uso do gás natural está na sua segurança. Mais leve que o ar, ele se dissipa com facilidade em caso de vazamento, não requer estocagem e a cobrança do uso é feita de acordo com o consumo. O uso do gás natural também emite menos gases poluentes na atmosfera e dispensa o uso de caminhões para entrega.

O uso de Gás Natural Veicular (GNV) também pode contribuir para o caráter sustentável de uma operação. Um veículo com motor MWM 100% a gás, por exemplo, reduz as emissões dos gases do efeito estufa e torna a geração de material particulado próxima de zero.

O motor a GNV também proporciona redução do custo operacional: até 40% por quilômetro rodado em relação ao diesel, se o veículo for abastecido dentro da garagem. Há fácil manutenção, pois 85% dos componentes são similares aos usados nos motores convencionais e o ruído é 20% menor do que a motorização a diesel.

Tecnologia e foco no consumidor

A Comgás vem acompanhando a evolução tecnológica no relacionamento com os clientes. Com isso, a empresa avançou na transformação digital, buscando um atendimento eficaz, seguro e confiável, investindo em novos processos, soluções e tecnologias e priorizando a experiência do consumidor.

Atualmente, com o Comgás Virtual, diversos serviços são digitalizados, como por exemplo, a atendente virtual Cris, que atende solicitações de forma ativa e online. Outro diferencial é o atendimento humano, que conta com uma equipe gerenciada por profissionais que conhecem os serviços e produtos. A empresa também disponibiliza um atendimento presencial e uma central de atendimento e emergência 24h. São diversas opções para o cliente escolher e personalizar de acordo com a sua preferência.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Ação premiará negócios focados em gestão de resíduos com até R$ 30 mil

Fundação ENGIE e ABiogás instalam 18 biodigestores em escolas e comunidades

Ferrovias brasileiras viram exemplo internacional de prevenção e redução de impactos na fauna

Acompanhe tudo sobre:ComgásEnergiaGás e combustíveis

Mais de Bússola

Quer investir em startups? Confira essas 5 dicas para encontrar o segmento certo para você

O ‘pulo do gato’ que fez a A3Data crescer 2100% em 4 anos

Christiano de Figueiredo Moreira: a força dos galpões logísticos em 2024

Como as marcas podem aproveitar para se conectar com a audiência durante as Olimpíadas? 

Mais na Exame