Bússola

Um conteúdo Bússola

Investidores.vc anuncia aporte de R$ 2 milhões na startup Vivalisto

Proptech tem como objetivo otimizar e facilitar todas as questões operacionais em uma negociação de compra ou locação de imóveis

Durante a pandemia, houve um crescimento de 23% no número de startups que atuam no setor imobiliário (Leandro Fonseca/Exame)

Durante a pandemia, houve um crescimento de 23% no número de startups que atuam no setor imobiliário (Leandro Fonseca/Exame)

B

Bússola

Publicado em 28 de outubro de 2021 às 19h39.

Última atualização em 28 de outubro de 2021 às 19h47.

O Investidores.vc, um dos maiores clubes de investidores-anjos independentes do Brasil, acaba de anunciar um aporte de 2 milhões de reais na Vivalisto, proptech que tem como objetivo otimizar e facilitar todas as questões operacionais e burocráticas de uma negociação de compra ou locação de imóveis.

Com uma rodada em tempo recorde — apenas 19 dias após a abertura — foi atingido 100% do valor total que desejavam, com 45 anjos confirmados. O investimento foi dividido em duas partes, sendo 1,6 milhão de reais feito pelo Investidores.vc e 375.000 reais realizados por outros investidores-anjos da plataforma.

Somente em 2020, houve um crescimento de 23% no número de startups que atuam no setor imobiliário e as vendas residenciais totalizaram um aumento de 9,8% de acordo com um estudo feito pela Terracotta Ventures.

De acordo com Amure Pinho, CEO e fundador do Investidores.vc, quanto mais eficiente, rápido e menos desgastante for uma rodada para quem participa é melhor, pois as fundadoras e os fundadores ficam menos tempo fora da operação.

“O que foi decisivo na escolha da startup foi ter um time de fundadores muito maduro e com vasta experiência no setor imobiliário, apresentando que atualmente há possibilidade e espaço do produto crescer cada vez mais. A solução coloca o corretor e as imobiliárias em vantagem competitiva, o sucesso do cliente é o sucesso da Vivalisto, ou seja, as comissões só são pagas quando há efetividade nos processos. Acreditamos muito no setor e em ideias que resolvem as dores dos corretores e das pequenas imobiliárias, que são a maioria”, diz o CEO.

Segundo Eduardo Menegatti, fundador da Vivalisto, o processo da Investidores.vc foi essencial.

“Como founder, duas coisas foram muito importantes na Investidores.vc — a visão pró-empreendedor e a liderança do Amure, bem como a diversidade e qualidade dos investidores do grupo —, tem “smart money” de verdade e de grande importância lá. Complementando, acho que vale ressaltar também a agilidade e organização do processo, o que facilita muito a interação com um grupo tão grande”, afirma Menegatti.

Para participar do processo de seleção para investimento, alguns critérios são avaliados, sendo eles: o tamanho do setor em que a startup atua; o potencial de crescimento desse segmento; a tecnologia e se é suficiente para criar barreira de mercado; a capacidade de aprendizado do time em curto espaço de tempo e quão coachable ele consegue ser; a tese de investimento; tendência e por último, a saúde financeira da empresa.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedIn | Twitter | Facebook | Youtube

Acompanhe tudo sobre:ImóveisInovaçãoStartups

Mais de Bússola

ESG: como Parque Bondinho Pão de Açúcar alcançou certificação com Sistema B e o que isso representa

Como fidelizar clientes usando aplicativos? Conheça 4 empresas que são exemplos dessa prática

Isabela Basso: quando falamos de greenwashing, sua empresa é parte do problema ou da solução?

CEO da BAT defende que regulamentação de cigarros eletrônicos ajudará no combate à ilegalidade

Mais na Exame