Bússola
Um conteúdo Bússola

Hugo Boss lança novo e-commerce com tecnologia Infracommerce

Objetivo foi proporcionar no ambiente digital experiência semelhante ao que o cliente tinha na loja

Hugo Boss aposta na América Latina (Boss/Divulgação)

Hugo Boss aposta na América Latina (Boss/Divulgação)

B
Bússola

13 de janeiro de 2023, 11h01

A marca upper premium Hugo Boss contou com o apoio da Infracommerce, maior ecossistema digital independente para e-commerce da América Latina, para o desenvolvimento de uma plataforma virtual própria no Brasil. O objetivo dessa parceria é fazer com que todos possam aderir aos produtos da empresa em qualquer canto do país, com toda a qualidade e a representatividade da moda de origem alemã.

O crescimento da procura por produtos premium fizeram com que algumas marcas encontrassem oportunidades para estarem inseridas no mercado do e-commerce, que tende a crescer nos próximos anos. “Nosso grande desafio era proporcionar uma experiência equivalente, em termos de qualidade, que o cliente já tinha em loja, mas também no ambiente virtual. E agora contamos com o ecossistema da Infracommerce que foi primordial para esse passo tão importante de termos o nosso próprio marketplace”, diz Romeo Bonadio, diretor da marca Hugo Boss no Brasil.

Atualmente, a marca soma mais de 2 mil SKUs entre camisetas, bonés, meias, entre outros. Nesse momento de estreia, o grande foco das vendas será voltado para os looks de verão e a renovação do guarda-roupa devido a grande procura por produtos diferentes para a ocasião.

“Preservamos a experiência de alto padrão da loja física no e-commerce de luxo, por isso o nível de satisfação dos clientes se mantém alto, uma vez que disponibilizamos a Hugo Boss as soluções que incluem CS, SAC, logística, suporte, meios de pagamento e performance. emos o objetivo de tornar a marca cada vez mais rentável em todo o Brasil” afirma Camila Dullman, diretora de E-commerce e Unidade de Luxo da Infracommerce.

Com a nova plataforma, as marcas Hugo e a Boss se juntam aos outros 18 países que já possuem os próprios e-commerces. A expansão a nível nacional contribuirá com a expectativa do grupo de crescimento com o canal online nos próximos meses. Para o diretor da marca Hugo Boss no Brasil, a ideia é que a plataforma represente 15% das vendas nos próximos três anos.

A Infracommerce será responsável pelos canais de venda, pela distribuição e logística do envio de produtos em todas as regiões. Os 07 Centros de Distribuição da Companhia e as 07 unidades de Dark Stores espalhadas pelo país facilitarão o acesso dos consumidores com a Hugo Boss, em especial durante as vendas de Natal. A marca disponibiliza desconto para a primeira compra na plataforma: Hugo Boss.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Bússola & Cia: Sebrae e eduK fecham parceria para geração de renda

Quem Disse, Berenice? amplia linha de cosméticos com sabor de 7Belo

Safras de milho, soja e açúcar podem beneficiar setor de logística em 2023