Gocil mantém faturamento na pandemia e projeta R$ 1,8 bi para 2023

Companhia investiu em tecnologia, reduziu custos e fez pesquisa com clientes para entender melhor a demanda

Por Bússola

Com 35 anos de mercado e 22 mil colaboradores, a Gocil, empresa de vigilância privada e multisserviços de facilities, enfrentou o ano da pandemia pensando em reorganizar o negócio. Iniciou um processo de transformação digital, investiu em tecnologia, reduziu custos e ouviu os clientes para compreender como melhorar o atendimento.

Fechou 2020 sem perder receita e prevê crescimento para os próximos anos, chegando a 2023 com um faturamento de R$ 1,8 bilhão.

A Bússola conversou com o CEO da empresa, Bruno Jouan, que falou sobre como se deu esse processo.

Bússola: Quais são as metas da Gocil para os próximos anos? 

Bruno Jouan: 2020 foi um ano bastante desafiador, com a crise sanitária. Mesmo diante desse desafio, conseguimos fechar o ano com uma receita em linha com a que tivemos no ano anterior, em um cenário sem pandemia. Com uma ampla reorganização interna, conseguimos reduzir nossos custos operacionais na ordem de 5%, o que refletiu em uma melhora significativa do Ebitda.

Com uma estratégia focada nas soluções integradas tivemos um crescimento de 50% nas receitas de sistemas eletrônicos (software e hardware relacionados à operação dos serviços oferecidos pela empresa). Nossas projeções mostram que essa receita deve chegar a R$ 250 milhões ao final de 2023.

Esperamos, com base nisso, fechar 2023 com faturamento do grupo entre R$ 1,6 bi e R$ 1,8 bi, somente com crescimento orgânico. Isso representa um crescimento de 20% ano a ano.

Bússola: Essa reorganização da companhia chegou também aos serviços prestados e aos clientes?

Bruno Jouan: Em primeiro lugar, decidimos ouvir mais os nossos clientes e parceiros. Para isso, começamos a realizar uma pesquisa de satisfação utilizando a metodologia NPS. Tem sido uma experiência realmente enriquecedora.

Vimos que nossos clientes sentem muita falta de inovação na forma de prestação desses serviços. Serviços tradicionais que continuam sendo prestados da mesma forma durante anos!

Decidimos então trazer a transformação digital que estamos vivendo para o ambiente de prestação de serviços. A Gocil oferece aos seus clientes a solução Integras, que traz vantagens e permite que a prestação de serviços seja feita de maneira customizada.

O principal objetivo é aumentar a eficiência operacional entregando mais segurança e menor SLA de atendimento, com redução de custos.

Bússola: Que benefícios existem em contratar serviços terceirizados, como os da Gocil, sobre manter estruturas próprias internas?

Bruno Jouan: A terceirização permite a profissionalização dos serviços, ou seja, as tarefas serão gerenciadas por uma empresa que tem uma estrutura e know how naquela determinada área de atuação.

A empresa contratante não precisará desenvolver treinamentos e processos para as funções terceirizadas, pois isso caberá à empresa contratada. Além disso, há a tendência de aumento de produtividade devido ao conhecimento das prestadoras sobre os processos e tecnologias empregadas.

Questões administrativas e burocráticas como recrutamento e seleção, treinamentos, avaliações, cobertura de faltas e atrasos, e o tratamento de questões trabalhistas, também ficam à cargo da contratada. Tudo isso permite que a contratante foque no seu negócio fim e adquira vantagem competitiva frente ao mercado e aos seus concorrentes.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também