Ensino on-line: um setor em ebulição

3 perguntas para João Pedro Resende, CEO e cofundador da Hotmart, uma das empresas de maior impacto global no ensino por meio da tecnologia

A educação on-line e o empreendedorismo entraram ainda mais forte na pauta das nossas vidas com a pandemia. E já estavam antes! Sobre os temas, fiz 3 perguntas a João Pedro Resende, que é CEO e cofundador da Hotmart, uma das empresas de maior impacto global no ensino por meio da tecnologia, segundo a GSV Global EdTech 50, e uma das líderes mundiais no mercado de produtos digitais.​

1 - O que você aponta como essencial para transformar os gaps de educação atuais no Brasil em oportunidades de aumento de conhecimento, empreendedorismo e capacitação profissional?    ​

Precisamos trazer alternativas ao ensino profissional, que consigam formar mais pessoas nas habilidades mais procuradas, mais rápido. Para isso, acredito no ensino on-line como grande aliado, pois ele supera barreiras geográficas e de tempo, por poder ser acessado no momento mais adequado para o aluno. Ao mesmo tempo, traz oportunidades de empreendedorismo a todos que têm algo a ensinar - para que possam viver de suas paixões e transformar a vida de muitos alunos.​

2 - O modelo de educação on-line pode acabar sacrificando outras partes importantes do aprendizado, como dinâmicas interpessoais e outras interações com professores e alunos? ​

Muitos dos cursos on-line trazem também momentos de aulas ao vivo interativas, além da formação de comunidades de alunos e tutores para tirarem dúvidas e trazerem esclarecimentos por meio da internet e dos aplicativos. É importante ter claro que o ensino on-line não vai acabar com o presencial. Há muitas disciplinas, como em medicina, por exemplo, que continuarão exigindo aulas práticas presenciais por muito tempo. Porém, o fato é que tudo o que, em algum momento, puder ser digitalizado e ensinado on-line assim o será.​

3 - A tendência para o futuro da formação profissional pode passar pela realização de diversos cursos profissionalizantes, mais curtos, dentro das próprias faculdades ou as próprias faculdades podem se tornar obsoletas para o mercado de trabalho se não se atualizarem também ?​

A transformação passará por todas as instituições. Hoje o ensino à distância já se igualou em número de matrículas ao presencial nas universidades privadas. Há diversas startups de educação relevantes, com grande crescimento. Um setor em ebulição, do qual a Hotmart faz parte com os cursos livres. Juntos acredito que conseguimos ajudar o país a dar um passo adiante, diminuir desigualdades e dar mais oportunidades profissionais a milhões de pessoas.​

Assista aqui a recente TED de João Pedro Resende.

*Sócia-diretora Digital&Inovação da FSB Comunicação

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.