Efetividade da CoronaVac é maior na vida real que em testes no Chile

Com a imunização em massa, ciência começa a ter acesso a uma massa de dados impensável na fase de testes clínicos

Conforme avança a vacinação, os cientistas vão dispondo de grande massas de dados (big data) para avaliar com mais certeza a eficácia das vacinas contra a Covid-19. Pois nos testes clínicos o universo observado está na casa dos milhares. Na vida real, a ordem de grandeza é de milhões.

Nesta sexta, o governo chileno anunciou que a CoronaVac tem 67% de efetividade para prevenir infecção sintomática, 85% para prevenir hospitalização e 80% na prevenção de óbitos. Os achados baseiam-se na maciça campanha de vacinação implementada no país.

As conclusões foram obtidas num universo de 10,5 milhões de pessoas, entre vacinados e não vacinados. Como já era sabido, a vacina torna-se efetiva 14 dias a partir da segunda dose, e com um intervalo de 28 dias entre as duas aplicações.

Observa-se nos grandes dados da vida real no Chile um pouco mais de efetividade (que nos testes clínicos) na prevenção de infecção sintomática e um pouco menos para prevenir formas graves. Uma possível explicação é a irrupção de novas variantes, não testadas anteriormente nos experimentos controlados.

De todo modo, em meio à guerra comercial entre os imunizantes, só mesmo a vida real vai revelar os números definitivos. Enquanto isso, o melhor mesmo é vacinar-se o mais rapidamente possível.

*Alon Feuerwerker é analista político da FSB Comunicação

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.