• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,99 3.76
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,23 0.14
  • AERI3 R$ 3,76 -0.53
  • AESB3 R$ 10,81 -1.01
  • AGRO3 R$ 31,09 -1.11
  • ALPA4 R$ 22,80 2.84
  • ALSO3 R$ 19,15 1.59
  • ALUP11 R$ 26,48 -0.08
  • AMAR3 R$ 2,52 -2.70
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,57 0.33
  • AMZO34 R$ 3,52 4.14
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 83,00 2.13
  • ASAI3 R$ 15,78 -1.93
  • AZUL4 R$ 20,92 -0.14
  • B3SA3 R$ 12,68 2.18
  • BBAS3 R$ 37,07 -1.04
Abra sua conta no BTG

Cufa e Microsoft levam arte e tecnologia às favelas a partir do Windows 11

“Sua Arte Aproxima” faz parte da campanha criada pela DreamOne para contar por meio de grafites a história de artistas que cresceram em favelas do RJ e SP
Atividade reuniu dez artistas nas regiões de Heliópolis (SP) e Madueira (RJ) (Divulgação/DreamONE)
Atividade reuniu dez artistas nas regiões de Heliópolis (SP) e Madueira (RJ) (Divulgação/DreamONE)
Por BússolaPublicado em 11/12/2021 16:25 | Última atualização em 11/12/2021 16:16Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Para o lançamento do Windows 11 no Brasil, a DreamOne — agência de marketing integrado — desenvolveu a campanha “Sua Arte Aproxima”, patrocinada pela Microsoft com a curadoria da Central Única das Favelas (Cufa), que reuniu dez artistas, de diferentes favelas das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, que tiveram como inspiração o lançamento do novo sistema operacional para mostrar seus dons artísticos por meio do grafite. A ação foi realizada simultaneamente nas regiões de Heliópolis (SP) e Madureira (RJ), locais que contam com sedes da Cufa.

Com transmissão nas redes sociais da Cufa SP e Cufa Rio, os artistas Ricardo Sotaq, Shock Maravilha, Rizka, Crica e Curió, em São Paulo; Jeff Seon, Lu Brasil, Jean Poul, Rodrigo Sini e Agarte no Rio de Janeiro, tiveram a oportunidade de mostrar as suas origens na batalha. Além de reverberar sua arte por meio do grafite, os dez participantes representaram escolas públicas de suas favelas em uma votação aberta ao público, que ocorreu no Instagram da Cufa Brasil. O artista Jeff Seon foi o grande campeão do concurso. Como prêmio, Jeff ganhou um computador para uso pessoal e outros 30 Dell Desktops, recomendados para educação, que foram doados pela Microsoft para a Escola CIEP Deputado José Carlos Brandão Monteiro, em Olaria (RJ), indicada pelo vencedor.

“A ideia da ação é mostrar ao mundo que a Transformação Digital está diretamente ligada a seu acesso para todos. Quando pensamos em propor o concurso cultural, identificamos desde a concepção, desenvolvimento e execução, que a favela seria um ponto chave nesta premissa. Por meio da arte, os participantes tiveram a chance de mostrar a todos, a essência de onde vivem e suas origens, as quais sempre apoiaram e os tornaram os grandes artistas que são”, diz Giselle Freire, sócia da DreamOne.

Segundo Ricardo Tarza, sócio e diretor criativo da DreamOne e um dos idealizadores do projeto, além da valorização do artista, o concurso também visa dar voz às favelas. “Foi extremamente gratificante participar da concepção dessa ação. A ideia foi produzir uma cena cultural de efervescência, a qual abrange diversos gêneros artísticos. Isso promove a visibilidade de milhares de favelas de duas das principais cidades do Brasil, que oferecem uma cultura que transcende museus”, declara.

Logo após o anúncio do vencedor do concurso, a DreamOne organizou entre os meses de novembro e dezembro no Museu de Arte do Rio de Janeiro, uma exposição com todas as artes criadas pelos dez artistas participantes do concurso cultural. A exposição pode ser apreciada pelo público no espaço localizado na Praça Mauá, 5 —Centro, Rio de Janeiro (RJ).

A diretora de Marketing para o segmento de Consumidor da Microsoft Brasil, Daniela Vitalino Cesar, comenta que o projeto Sua Arte Aproxima foi feito para conectar histórias, pessoas e arte e a realização da exposição “foi uma forma de celebrar o trabalho realizado por todos os artistas que criaram obras únicas para comemorar o lançamento do Windows 11”, diz a executiva.

Para o presidente nacional da Cufa, Preto Zezé, é muito importante que uma arte que represente tanto a identidade de favela, como grafite, tenha uma exposição em um grande museu. “Temos que levar e expor a nossa cultura para os mais diversos lugares, deixando claro que favela é território de potência. E tanto no concurso, quanto na exposição, a Microsoft e a DreamOne foram grandes parceiras nessa missão”.

Durante toda a campanha, a DreamOne esteve presente nas sedes da Cufa em São Paulo e no Rio para a criação de conteúdo audiovisual, como fotos e vídeos em tempo real para posts nas redes sociais. O concurso cultural Sua Arte Aproxima foi registrado na Secap (Secretaria de Avaliação, Planejamento e Loteria). nº 03.015478/2021.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedIn | Twitter | Facebook | Youtube