Um conteúdo Bússola

Cruz Vermelha São Paulo inicia Campanha do Agasalho 2021

Meta da entidade é arrecadar 35 toneladas de doações, com Ticiane Pinheiro como madrinha pelo segundo ano consecutivo
Doações já foram feitas para a Pastoral do Povo de Rua, coordenada pelo Padre Júlio Lancelotti (Cruz Vermelha São Paulo/Divulgação)
Doações já foram feitas para a Pastoral do Povo de Rua, coordenada pelo Padre Júlio Lancelotti (Cruz Vermelha São Paulo/Divulgação)
B
Bússola

Publicado em 23/06/2021 às 12:27.

Última atualização em 23/06/2021 às 14:27.

A Cruz Vermelha São Paulo iniciou sua 13ª edição da Campanha do Agasalho com uma série de novidades. Por conta da pandemia, a ação terá características especiais para a prevenção contra a Covid-19.

Além de agasalhos e cobertores em bom estado, estão sendo solicitados produtos que possam ajudar as famílias necessitadas durante a pandemia, como itens de higiene pessoal (sabonetes, escovas e pastas de dentes, xampus e condicionadores, álcool em gel e máscaras), alimentos e produtos de limpeza em geral.

A expectativa é arrecadar mais de 35 toneladas de agasalhos, cobertores e itens de higiene pessoal e limpeza, para beneficiar cerca de 30 mil pessoas que enfrentam a estação mais fria do ano. No ano passado, em meio aos desafios enfrentados por conta da pandemia, as arrecadações totalizaram 31 toneladas e foram distribuídas entre mais de 30 mil pessoas. Pelo segundo ano consecutivo, a Campanha do Agasalho da Cruz Vermelha contará a apresentadora Ticiane Pinheiro como madrinha da ação.

“Os itens usados, como roupas e cobertores, ficarão armazenados em uma espécie de quarentena, até serem encaminhados para as 118 ONGs cadastradas para o recebimento das doações”, diz Bruno Semino, diretor executivo da entidade, a respeito dos cuidados adicionais que estão sendo tomados.

Entre as novidades deste ano, está a disponibilização de caixas de coleta em condomínios de São Paulo. A BBZ Administradora, que conta com mais de 600 edifícios residenciais em sua carteira de clientes, disponibilizará centenas de caixas de coleta em prédios sob sua administração na capital.

Haverá, ainda, pontos de doação em farmácias das redes Droga Raia e Drogasil, além dos Shoppings Iguatemi, JK Iguatemi, Pátio Higienópolis e Market Place, em São Paulo. Todos os itens arrecadados nesses locais serão distribuídos entre as ONGs cadastradas.

O lançamento da campanha foi marcado pela entrega do “Kit inverno” com casaco, cachecol, itens de higiene pessoal e chocolate para moradores de rua do centro de São Paulo, atendidos pela Pastoral do Povo de Rua, coordenada pelo padre Júlio Lancelotti.

Essa ação é decorrente de uma arrecadação de 40 toneladas de roupas feita pela GRU Airport, empresa que administra o Aeroporto de Cumbica, e repassada à Cruz Vermelha. Os primeiros 50 kits foram entregues na Praça Ramos de Azevedo e outros 400 foram ofertados aos moradores de rua na Praça Princesa Isabel.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também