Com a sua ajuda, óleo de cozinha pode ser fundamental na logística reversa

Campanha da Abiove em Guarujá (SP) leva distribuição de materiais informativos biodegradáveis e conscientização da população
 (Tafilah Md Yusof / EyeEm/Getty Images)
(Tafilah Md Yusof / EyeEm/Getty Images)
Guilherme Guilherme
Guilherme GuilhermePublicado em 27/02/2022 às 13:00.

Por Bússola

A Abiove, com o apoio do Sindicato da Indústria de Óleos Vegetais (Sindoleo), criou a iniciativa Óleo Sustentável. O programa já recolheu e destinou corretamente 10,4 milhões de litros de óleo de cozinha usado. Nesta semana, a associação inaugurou uma Estação de Sustentabilidade permanente com ponto de entrega voluntária (PEV) de óleo residual e de embalagens em geral na Prainha Branca (Guarujá — SP).

A campanha no litoral é uma parceria entre a Abiove e a Secretaria de Meio Ambiente de Guarujá e conta com o apoio do Instituto SOS Rio do Peixe, APA Serra do Guararu, Sociedade Amigos da Prainha Branca, Cooperativa Recicla Mais e da Boomera Ambipar. Também conta com exposição de fotos inéditas da região, distribuição de materiais informativos biodegradáveis, doação de mudas nativas e atividades para conscientizar a população sobre descarte de lixo e resíduos.

O programa, de caráter educativo, tem como proposta consolidar as ações individuais de logística reversa do óleo comestível residual após o consumo e ser um canal de comunicação com as pessoas que desejam saber mais sobre a importância da reciclagem e onde fazer o descarte. Além do apoio da indústria, a iniciativa conta com agentes essenciais para completar esse ciclo sustentável: os próprios consumidores.

Para a coordenadora de Sustentabilidade da Abiove, Aline Lazzarotto, essas ações são essenciais e devem sensibilizar todos os públicos, de crianças a adultos, sobre a importância da destinação correta de resíduos. Os processos produtivos do óleo de cozinha garantem os cuidados com o meio ambiente, entregando um produto de qualidade aos consumidores, mas para completar o conceito de economia circular e diminuir os impactos ambientais é necessário o descarte apropriado.

Este é um conteúdo da Bússola, parceria entre a FSB Comunicação e a Exame. O texto não reflete necessariamente a opinião da Exame.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube