Um conteúdo Bússola

CEO da AlmapBBDO integra grupos de lideranças com ImPacto

AlmapBBDO acelera agenda ESG, como a primeira agência brasileira porta-voz de uma ODS, a nº 10 de Redução de Desigualdade
Agência criou campanha contra a fome (Bússola/Divulgação)
Agência criou campanha contra a fome (Bússola/Divulgação)
B
BússolaPublicado em 27/09/2022 às 13:00.

Filipe Bartholomeu, sócio, presidente e CEO da AlmapBBDO, passa a fazer parte do grupo de líderes e CEOS que estão alinhando as práticas gerenciais e operacionais aos Objetivos Globais para acelerar a entrega dos ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), até 2030. Ele recebeu um convite para ser uma Liderança com ImPacto, pelo Pacto Global da ONU no Brasil.

“É uma honra e uma séria responsabilidade atuar na linha de frente junto a outras organizações que lideram a inadiável agenda ESG mundial. É papel do líder estar à frente da orquestração de mudanças alinhadas com os Objetivos Globais”, diz Filipe.

A AlmapBBDO agora se consagra enquanto a primeira agência brasileira a entrar no programa ImPacto. Referência sólida em ESG, seus comitês internos serão cada vez mais pautados pela inclusão das diferenças no mundo do trabalho, desenvolvendo ambientes mais plurais. Em 2020, a agência ingressou na Rede Brasil do Pacto Global – iniciativa voluntária de sustentabilidade corporativa da ONU, e desde 2019, tem criado ações para atingir os ODS.

Entre os projetos mais recentes de ESG, está a maior campanha global contra a fome – a Palavra Code. Criada em parceria com o G10 Favelas, a AlmapBBDO transformou termos como comida, pão, carne e remédio, em palavras inteiramente escritas por QR Codes, como uma forma de atrair e sensibilizar a audiência sobre as necessidades do próximo – uma resposta urgente ao quadro do Brasil na insegurança alimentar. Apenas em 2021, mais de 61,3 milhões de brasileiros declararam algum grau de fome, sendo que metade dessa população convive com o nível mais grave.

Sob o mote “Você pode apontar a solução”, a campanha começou na última semana de julho, houve o primeiro desdobramento da campanha, lançada em uma ação internacional durante a Semana das Favelas em Nova York. Na ocasião, a Comitiva dos principais nomes da organização teve suas mãos e braços tatuados com QR Codes temporários. Por se tratar de uma programação quase inteiramente de tratativas burocráticas e de negócios, a ideia era transformar os clássicos ‘apertos de mãos’ em uma ferramenta para doações.

Confira a campanha do combate à fome aqui.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Dom Cabral e Insead discutem desafios e oportunidades da floresta amazônica

Paris, a cidade luz, está mais escura

Três perguntas de ESG para Feliciano Almeida, da Michelin